Conecte-se agora

Sibá quer mais recursos para a Educação, Ciência e Tecnologia

Publicado

em

“É imprescindível o investimento em Educação, Ciência e Tecnologia para que a economia brasileira se consolide na sustentabilidade e a sua produção ganhe cada vez mais competitividade nos mercados globais, este é o caminho”, disse Sibá na reunião de ontem (12) com o ministro Marco Antônio Raupp e o secretário executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia, Antônio Elias.

O deputado, que é integrante da Comissão de Ciência e Tecnologia e estava acompanhado do presidente da Comissão de Educação, deputado Newton Lima (PT/SP) e do deputado Carlos Zaratini (PT/SP), foi ao encontro do ministro para discutir a destinação de parte dos recursos dos royalties do petróleo para as áreas de educação, ciência, pesquisa e inovação. Assunto bastante polêmico, o projeto dos Royalties do petróleo (PL 448/11) foi votado em 19 de outubro do ano passado no Senado Federal, mas desagradou em muito às instituições de pesquisas brasileiras, que consideraram tímidos os investimentos para a área, gerando inclusive atos de protestos em todo o país. A expectativa é que haja reversão na Câmara dos Deputados, e que seja acatado parte das reivindicações do setor, que requer, dentre outros, a manutenção da destinação dos recursos para o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). O Projeto de Lei (PL) 2565/11, que teve origem no projeto do Senado e que está em tramitação na Câmara, tem como relator o deputado Carlos Zaratini, e vai determinar novas regras de distribuição entre os estados produtores de petróleo.

O deputado Sibá, que será designado relator do PL 2177/11 (considerado o Novo Código da Ciência Brasileira) e atua informalmente como “porta-voz” das entidades de ciência e pesquisa, saiu bastante otimista da audiência com o ministro Raupp, que disse já ter “lido, gostado e concordado com os termos do Projeto”, articulado pelo deputado junto às instituições científicas. O ministro acrescentou ainda que o referido PL tem o seu apoio para transformar-se em Medida Provisória (MP), atendendo à urgência e celeridade que requer a temática em questão.

“Todos ganham com um nível maior de investimentos nestas três áreas estratégicas para o desenvolvimento do país”, finalizou Sibá, que aproveitou para informar ao ministro que protocolará requerimento na Comissão de Ciência e Tecnologia convidando-o para apresentar as ações e os investimentos realizados pelo Ministério.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Acre é um dos que não retomam aulas presenciais em agosto

Publicado

em

As aulas presenciais irão retornar para a maior parte da rede pública de ensino no Brasil. A partir de agosto, 25 Estados e o Distrito Federal já estarão com as escolas reabertas ou em processo de retorno. No Acre, a previsão é 8 de setembro. Segundo a Folha de S. Paulo, somente Paraíba e Acre não retornam em agosto.

Apenas em Roraima ainda não há previsão de retorno na rede estadual.

Em 2020, o governo do Acre publicou decreto autorizando o retorno presencial da rede pública e privada de ensino mas muita coisa se sucedeu e as escolas públicas seguiram fechadas.

Atualmente, a percepção de boa parte dos especialistas é que a escola deveria ter sido a última a ser fechada e a primeira a ser reaberta na pandemia.

No mapa produzido pela consultoria Vozes da Educação mostra a tendência dos Estados em relação ao retorno presencial das aulas.

Continuar lendo

Acre

Nível do Rio Acre cai ao menor volume em 5 anos em Rio Branco

Publicado

em

A Defesa Civil de Rio Branco informou nesta segunda-feira (26) que é crítica a situação do Rio Acre.

Principal abastecedouro da capital, o Rio Acre marca 1,86 metros, uma das menores dos últimos cinco anos. Nessa estávamos acima de 2 metros.

“Isso reflete em todos os ambientes, gerando diversos impactos”, disse Claudio Falcão, coordenador da Defesa Civil.

Há em andamento uma grande operação para garantir o abastecimento de comunidades vulneráveis, urbanas e rurais, utilizando inclusive caminhões-pipa.

A Defesa Civil orienta economizar e armazenar água neste período.

Continuar lendo

Acre

Colisão entre carro e moto deixa casal ferido no Esperança

Publicado

em

Uma colisão entre um carro e uma moto deixou um casal identificado como Edvilson Alves Pereira Melo, de 39 anos, e Ana Paula Pereira Melo Alves, de 36 anos, feridos na noite deste domingo, 25, no cruzamento da rua General Vieira de Melo, com a rua São Marcos, no Conjunto Esperança, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares que presenciaram de acidente, Edvilson e sua esposa Ana Paula trafegavam na moto modelo Factor, de cor preta na rua São Marcos, quando o motorista do veículo modelo Pálio, de cor cinza, idoso, invadiu a preferencial e colidiu com a motocicleta. Com o impacto, Edvilson sofreu um trauma no tórax e sua esposa Ana Paula ficou com escoriações pelo corpo.

Após a colisão um casal de idosos que estava no veículo Fiat Pálio prestou atendimento ao motociclista e sua esposa, porém, enquanto ajudava o casal, um homem não identificado se aproximou dos idosos e os ameaçaram de morte. Os idosos imediatamente entraram no carro e fugiram do local, vindo a parar o veículo em via pública e entraram num motel, com medo de serem agredidos ou mortos.

Motoboys que estavam no local, quando perceberam que o casal de idosos se evadiu, perseguiram o veículo, e quebraram os vidros e amassaram a lataria do carro.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e encaminharam o casal ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo o Médico do SAMU, Edvilson sofreu um trauma no tórax e uma perfuração no pulmão. Já Ana Paula sofreu escoriações.

O local do acidente foi isolado para o trabalho de perícia. O casal de idosos foi encaminhado à Delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

Continuar lendo

Acre

Acre antecipa pagamento de aposentados para quarta-feira

Publicado

em

O governo do Acre anunciou na noite deste domingo, 25, antecipação para próxima quarta-feira, 28, o pagamento de 16.700 servidores entre aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência do Estado do Acre (Acreprevidência).

Pelo calendário oficial, o dinheiro só cairia na conta no último dia útil do mês. Para os servidores da ativa, permanece o pagamento até o último dia do mês, conforme calendário oficial.

Segundo o secretário de Fazenda do Acre (Sefaz), Rômulo Grandidier, a medida tem o intuito de injetar na economia acreana mais de R$ 83 milhões.   “A medida é muito relevante, já que permite injetar na economia cerca de R$ 83 milhões favorecendo o processo de recuperação econômica neste momento de enfrentamento da pandemia, e, ao mesmo tempo, antecipa a renda aos beneficiários do Instituto de Previdência do Estado do Acre”, destacou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas