Conecte-se agora

“O PCdoB não negocia cargos que são eletivos”, diz líder do Governo

Publicado

em

Ray Melo,
da redação de ac24horas
raymelo.ac@gmail.com

O presidente do PCdoB, deputado Moisés Diniz se pronunciou sobre o manifesto que deputados da base governista pretendem fazer contra seu partido. Os parlamentares da base de sustentação ao governador Tião Viana (PT) reclamam que os cargos não estariam sendo distribuídos de forma igual entre as legendas que compõem a FPA.

>Leia também:
Partidos com representação na Aleac preparam manifesto contra “apetite voraz” do PCdoB

Em resposta aos colegas de parlamento que afirmam que o PCdoB estaria sendo privilegiado na máquina administrativa, o deputado Moisés Diniz, que atualmente ocupa a liderança  do governo na Aleac, disse que o PCdoB não negocia cargos que não são indicados, como é o caso da presidência da Assembleia Legislativa.

“Quem vai eleger o presidente são os vinte e quatro deputados estaduais. Quem está falando o contrário, faz política com indecência, fazendo acordos na calada da noite, vendendo a alma”, explicou o líder do governo e presidente do PCdoB.

O deputado comunista se mostrou irritado e disse que o atual presidente, Elson Santiago, é um amigo e um aliado do PCdoB. “Eu e o Elson somos amigos, somos aliados e vamos decidir juntos para onde caminhar. Alguns vão ficar sem dormir, mas, eu e o Elson não vamos nos dividir”, avisou o deputado do PCdoB.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas