Conecte-se agora

Senadores relembram papel do Barão do Rio Branco na definição das fronteiras do país

Publicado

em

Um dos estadistas mais reverenciados da história nacional, o Barão do Rio Branco recebeu homenagem em Plenário, nesta segunda-feira (5), por ocasião dos cem anos de seu falecimento. Na sessão, o presidente da Casa, José Sarney, disse que o país deve cultivar a justa vaidade de possuir a figura de Rio Branco entre seus grandes heróis, a seu ver o maior no século 20, em razão de suas ações no campo diplomático para consolidar pacificamente as fronteiras do país.

– Herói não é somente aquele que vence batalhas com espada e sangue. Rio Branco venceu todas as batalhas, conquistando territórios para o Brasil, criando consciência de paz, de negociação e de construção da nossa grande pátria – destacou.

Sarney recordou que Rio Branco aproveitou o longo período em que esteve à frente do consulado brasileiro em Liverpool, na Inglaterra, para estudar e pesquisar em bibliotecas europeias. Assim, reuniu conhecimentos que depois seriam de grande utilidade na defesa do país nas questões de fronteira.

– Ele voltava da Europa e dizia que as guerras e as divergências entre as nações começavam na linha de fronteira – destacou Sarney.

Um dos pontos destacados por Sarney foi a atuação de Rio Branco na questão do Amapá, arbitrada por um conselho suíço depois de enfrentamentos sangrentos entre forças francesas baseadas na Guiana e habitantes que tinham “o coração de ser brasileiro”. Defendida com “ironia fina”, a estratégia envolveu o uso de mapas apresentados pela própria defesa da França para provar que toda a Guiana Francesa, ou pelo menos grande parte dela, seria território brasileiro.

Gratidão

O senador Jorge Viana (PT-AC), propositor da sessão, afirmou que Rio Branco sempre se portou com a consciência do papel de liderança que o futuro reservaria ao país, tanto na América Latina como no cenário internacional mais amplo, fato que considerou evidente na atualidade.

Jorge Viana disse que se sentiu no dever de sugerir a homenagem pelo sentimento de gratidão que ele e todos os acrianos nutrem em relação ao homem que se empenhou e encontrou os meios para resolver a questão territorial do atual estado do Acre quando assumiu o Ministério das Relações Exteriores, no governo Rodrigues Alves.

A área do estado pertencia à Bolívia e havia começado a ser ocupada por seringueiros brasileiros em 1880, na época da expansão da economia da extração da borracha. No entanto, assinalou o senador, esses brasileiros viviam dentro de um cenário de guerra, agravada pela cobiça do capital internacional pela área. Se efetivada a demarcação de fronteira estabelecida em acordos anteriores, milhares de brasileiros seriam abandonados à própria sorte em território estrangeiro, observou Jorge Viana.

– Tenho a firme convicção de que temos a obrigação de, em todas as ocasiões possíveis, promover e prestar tributo à memória e à obra do Barão do Rio Branco – concluiu.

Assim como Viana, seu colega da bancada do Acre Anibal Diniz (PT) reconheceu o papel decisivo de Rio Branco naquela questão, para ambos a mais complexa já enfrentada pelo país em relação a fronteiras. Diferentemente dos demais casos, disseram os representantes do Acre, esse foi o único em que houve expansão territorial e não um mero reconhecimento de direitos de domínio. A solução envolveu troca de territórios e pagamento de compensação financeira à Bolívia.

Ensinamentos

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), Fernando Collor (PTB-AL), e antes dele também Sarney, outro ex-ocupante da Presidência da República, destacou os ensinamentos deixados por Rio Branco no trato das questões de Estado pela via diplomática. Collor ressaltou ainda o papel do Barão na própria organização do Itamaraty, com processo de seleção, qualificação e distribuição de postos de forma profissional, em processos apoiados na disciplina, meritocracia e respeito à hierarquia.

– Se hoje a excelência dessa instituição é reconhecida e admirada internacionalmente, devemos, em especial, à visão e à profecia do seu mais expressivo representante e sua capacidade de definir e implantar os princípios basilares da diplomacia brasileira – disse Collor.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) destacou que Rio Branco foi um devotado defensor da União das Américas. De acordo com a senadora, o Barão foi quem preparou o terreno para uma aproximação mais estreita com as repúblicas latino-americanas, além de ter acentuado a tradição de amizade e cooperação com os Estados Unidos. Ela disse que sua figura deve inspirar o Brasil a aproveitar o bom momento do país no exterior e repensar a política externa, assumindo papel de maior destaque na agenda mundial.

De acordo com João Capiberibe (PSB-AP), em tempos de descrédito nos homens públicos, homenagear Barão do Rio Branco em seu centenário de falecimento serve de “alento para mulheres e homens de bem do Brasil”. Para ele, mais do que ressaltar a importância de Rio Branco para o estado que tem a honra de representar, o mais importante era salientar sua capacidade de antecipação, por ter compreendido que o jovem país de sua época precisava resolver suas questões de fronteira ainda no século passado. O senador comentou que hoje esses conflitos dificilmente se resolveriam apenas pela diplomacia.

A sessão contou com a participação do embaixador Georges Lamaziére, diretor do Instituto Rio Branco, que representou o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota; do embaixador Gilberto Vergne Saboia, presidente da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag); e do ex-deputado Marcos Afonso, representante do governador do Acre, Tião Viana. Estiveram ainda presentes diplomatas brasileiros e estrangeiros alunos do Instituto Rio Branco.

Agência Senado

Acre

Com ensino médio no DivulgaCand, blogueira mostra diploma da Ufac

Publicado

em

O portal de divulgação de candidaturas e contas que abrange todo o país, o Divulga Cand, informa que a candidata a deputada estadual pelo Podemos no Acre, Edmirk, que atua como influenciadora digital na web, possui ensino médio incompleto.

Após divulgação do cadastro, a mesma foi às redes sociais apresentar um diploma de Bacharel em Engenharia Agronômica, dado pela Universidade Federal do Acre. O portal Divulga Cand segue com a informação anterior de ensino médio incompleto até a manhã desta quarta-feira, 17.

Por meio dos stories no Instagram, ela confirmou que não divulgou sua candidatura e que só irá divulgar quando quiser: “na semana que vem, talvez”. Ela possui R$ 1.270.629,01 de limite legal de gastos.

Continuar lendo

Acre

Governo promove novas mudanças em cargos comissionados

Publicado

em

O governo do estado voltou a promover exonerações e novas nomeações em cargos comissionados pelo Diário Oficial desta quarta-feira, 17.

Gladson Cameli promoveu mais mudanças em CECs; em diversas secretarias.

Nomeações

Cristiano Silva de Souza – CEC-3, na Secretaria de Estado da Casa Civil – SECC;

Antonio Aurimar Gomes de França – CEC-4, na Secretaria de Estado da Casa Civil – SECC;

Raynnara Gerliene da Silva Araújo – CEC-5, na Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes – SEE;

Lilyan Costa da Silva – CEC-3, na Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes – SEE;

João Paulo Evangelista de Souza – CEC-5, na Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio – SEPA

Exonerações

Josimar Francisco de Oliveira Coelho – Chefe de Departamento, do Serviço de Água e Esgoto do Estado do Acre – SANEACRE;

Alberto Ferreira de Almeida Maciel – CEC-3, da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes – SEE;

Márcia Cristina Moreira de Souza – CEC-5, da Secretaria de Estado de Saúde – SESACRE

Continuar lendo

Acre

Confira a agenda dos candidatos ao governo do Acre desta quarta-feira

Publicado

em

O ac24horas reúne diariamente informações sobre os encontros, reuniões e compromissos dos candidatos do Estado do Acre neste período oficial de campanha.

Aqui você fica sabendo de tudo sobre as eleições 2022.

Veja abaixo a agenda dos candidatos ao governo acreano nesta quarta-feira, 17:

Gladson Cameli (PP)
– 09h: Gravação do programa eleitoral;
– 15h30: Agenda institucional.

Jorge Viana (PT)
A campanha majoritária da Federação Brasil da Esperança, continua nesta quarta-feira, com a mobilização nos 22 municípios acreanos, com reuniões, encontros, adesivaços e bandeiraços.

O candidato ao governo, Jorge Viana estava em agenda com o ex-presidente Lula em São Paulo e amanhã participará do planejamento e organização com coordenadores da campanha.

Em Rio Branco, serão realizadas visitas nos bairros Conquista e na Baixada, liderados por Marcus Alexandre.

Já em Cruzeiro do Sul, Nazaré Araújo participara de uma entrevista com a imprensa local e posteriormente haverá um diálogo com apoiadores e partidos. Também haverá um encontro com partidários em Rodrigues Alves.

Mara Rocha (MDB)
– 08h: Caminhada da Esperança na Estrada da Sobral;
– 16h: Adesivaço no semáforo do bairro 6 de Agosto;
– 19h: Reunião com apoiadores no Bairro Tropical.

Sérgio Petecão (PSD)
– 06h: Café da manhã com apoiadores;
– 07h: Deslocamento para Tarauacá;
– 10h: Previsão de chegada ao município interiorano;
– 14h: Conversas e contatos políticos;
– 19h: Inauguração do Comitê da coligação Com a Força do Povo, em Tarauacá.

David Hall (AGIR)

Das 07h00 às 9h00 – Discussão com o Movimento Acorda Educação sobre a carta-compromisso com os professores da rede estadual;
Das 09h00 às 11h00 – Reunião com a representante do Renova BR e acompanhamento de candidaturas de ex-alunos do RENOVA BR;
Das 13h00 às 14h00 – Entrevista na TV Rio Branco;
De 15h00 às 16h00 – Sorteio com os candidatos ao governo na sabatina do AC24HORAS;
De 17h00 às 19h00 – Reunião com microempresária do Novo Mercado Velho;

Nilson Euclides (PSOL)

Somente reuniões internas.

Continuar lendo

Acre

Coligação rebate MP eleitoral e diz que deve tomar medidas que tornem Mailza elegível a vice

Publicado

em

A “Coligação Avançar Para Fazer Mais”, que conta com o governador Gladson Cameli candidato a reeleição e a senadora Mailza Gomes como candidata a vice na chapa majoritária, emitiu uma nota nesta terça-feira, 16, para garantir que deverá buscar a elegibilidade de Gomes para as eleições de outubro deste ano.

Segundo a nota pública, após a ação impetrada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), a equipe jurídica está tomando todas as ações legais que comprovem a situação de plena elegibilidade. “Estão sendo executados de forma firme e célere”, diz parte do documento.

Sem entrar em confronto com a justiça, a equipe destacou que acredita na merecedora confiança na Justiça Eleitoral e passou tranquilidade aos candidatos da “Coligação Avançar Para Fazer Mais”. “Todos os candidatos, membros e militantes da Coligação estão convictos que todas as questões serão sanadas com a maior agilidade possível”, explica.

Ao fim da sua justificativa, a coligação contou que “diante da esperança e do apelo popular a campanha segue na sua normalidade tendo a candidata a vice-governadora Mailza como fundamental força da necessária representatividade feminina na política para a construção de um Acre e de um Brasil melhor”.

De acordo com a ação do Procurador Regional Eleitoral Fernando Piazenski, a candidata encontra-se inelegível, haja vista que foi condenada à suspensão de seus direitos políticos em uma Ação de Improbidade Administrativa, que importou em lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito na época em que foi secretária municipal na Prefeitura de Senador Guiomard, na época administrada pelo seu ex-marido James Gomes.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.