Conecte-se agora

Gladson Cameli diz que “briga” por recursos para reconstrução do Acre, só começou

Publicado

em

Como consequência da reunião na tarde de ontem com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, a bancada federal do Acre está agilizando várias frentes para viabilizar as verbas necessárias para a reconstrução do Estado. O deputado federal Gladson Cameli ficou responsável pelo setor dos pescadores.

A Ministra Ideli Salvatti deixou claro que o principal no momento é a alocação de recursos emergenciais, ou seja, dinheiro na mão do povo para fazer frente às necessidades de alimentação, vestuário e reconstrução de suas moradias. Ideli disse que, por experiência própria com as calamidades do Espírito Santo, as frentes principais a serem desbloqueadas, são as de benefícios sociais.

Em resumo, ficou acertado com os parlamentares que, em gestão direta com os ministros responsáveis, fosse feitas as reivindicações das liberações de parcelas extras do bolsa família, pensão do INSS, liberação total do FGTS e uma parcela a mais do seguro defeso (pescadores).

Em vista desse posicionamento, Gladson Cameli disse que vai agendar com o novo ministro da pesca, Marcelo Crivela, uma audiência para tratar da liberação dessa parcela do seguro defeso para os pescadores de todo o Estado do Acre. Isso, na opinião do parlamentar progressista, será um grande apoio aos ribeirinhos que, na sua maioria são pescadores, já que essa parcela extra do seguro defeso proporcionará condições mais rápidas para colocarem suas vidas em ordem novamente.

Gladson ainda explicou que toda a bancada estará envidando esforços junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário para liberação de maquinário para o Estrado do Acre. Essas patrulhas mecanizadas servirão para apoio aos agricultores que tiveram suas produções perdidas com a enchente.

O parlamentar disse ainda que “agora, é hora de agir, não podemos deixar que dificuldades venham enfraquecer as ações de toda a bancada federal. Cabe ao Governo Federal liberar imediatamente os recursos necessários para atender as necessidades da população, bem como dos municípios atingidos. não devemos nos curvar, e sim, fazer com que o governo dê a atenção que nosso Estado e nosso povo merece, uma vez que temos uma constituição e vivemos num estado democrático de direito”.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Fernanda participa do reinício das sessões na Câmara de Brasiléia

Publicado

em

A prefeita Fernanda Hassem participou na manhã de segunda-feira (2), do início dos trabalhos do Poder Legislativo, na 19ª Sessão Ordinária, da 14ª Legislatura após o recesso.

A Sessão aconteceu na Câmara Municipal de Brasiléia e contou com a presença dos secretários e equipes municipais, de todos os vereadores do Poder Legislativo, além da imprensa e comunidade.

A presidente da Câmara de Brasiléia, Arlete Amaral destaca a vinda da prefeita ao início dos Trabalhos. “Hoje recebemos a prefeita Fernanda Hassem, que veio acompanhada dos secretários do município e equipe. Ficamos felizes com sua vinda e a Câmara Municipal está de portas abertas para recebê-la”.

Em uso da tribuna, Fernanda Hassem fala da importância em participar da sessão ordinária. “Hoje eu vim acompanhada de grande parte da equipe municipal e trago mensagem de profícuo trabalho aos 11 vereadores desta Casa. Entendemos que o Poder Legislativo é constituído da maioria absoluta da opinião popular, portanto há de haver uma harmonia entre os poderes, respeitando a autonomia de cada um. Eu já fui vereadora e tenho o maior respeito pelos trabalhos dessa Casa. Nosso objetivo é trabalhar em prol da população de Brasiléia”.

Continuar lendo

Acre

Prefeituras do Acre tem R$ 168 milhões em emendas no OGU 2021

Com R$97,3 milhões, Rio Branco é cidade brasileira mais beneficiada

Publicado

em

As prefeituras do Acre vão receber R$ 168,1 milhões do Orçamento 2021, a partir de 69 emendas.

Deputados e senadores destinaram R$ 4,879 bilhões para prefeituras em 2.806 emendas impositivas ao Orçamento 2021. Isso equivale a 28,7% de todos os recursos de emendas individuais e de bancada, que somam R$ 16,972 bilhões.

A maior parte dos recursos vai para Desenvolvimento Regional (R$ 53,6 milhões com 6 emendas), Saúde (R$ 52,2 milhões com 24 emendas) e economia (R$ 19,5 milhões com 16 emendas).

Mais da metade das emendas para prefeituras trazem recursos para ações na área de Saúde. São R$ 2,8 bilhões, de 1.412 emendas, alocados por meio do Fundo Nacional de Saúde. Os parlamentares também favoreceram ações na Economia (R$ 785 milhões em 430 emendas); Desenvolvimento Regional (R$ 738,1 milhões em 234 emendas) e Cidadania (164,4 milhões em 275 emendas).

No Acre, Rio Branco é o município mais atendido e tem dezesseis emendas que somam R$ R$ 97,3 milhões, o maior valor entre todas as cidades brasileiras. Capixaba aparece em segundo lugar, com cinco emenda. Ao menos 39 emendas não tem nome da cidade e somam R$ 73.240.950,00.

Além do dinheiro para as prefeituras, os municípios podem receber recursos federais a partir de transferências para governos estaduais, instituições privadas sem fins lucrativos ou mesmo aplicações diretas de ministérios e outros órgãos.

No entanto, como algumas emendas são repartidas entre várias cidades, apenas 1.489 apresentam o nome do município, sendo que 713 cidades estão relacionadas. Os dados são da Câmara dos Deputados.

Continuar lendo

Acre

Governo marca reunião com aprovados no cadastro de reserva da PM após 12 horas de protesto

Publicado

em

Os integrantes do Cadastro de Reserva (CR) do último concurso da Polícia Militar do Acre estão acampados há mais de 12 horas em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) em busca da convocação do restante dos membros que ficaram de fora da última convocação.

De acordo com um dos representantes da PM, Júlio Eduardo, 26 anos, o secretário de governo, Alysson Bestene, esteve presente na manifestação e garantiu que o governo deverá se reunir com os membros do cadastro de reserva na manhã de terça-feira, 3. “Ficou agendado para amanhã às 9 horas da manhã. Vamos ouvir a proposta se é vantajoso pra gente ou não”, declarou.

O representante do grupo alegou que a proposta do governo em remanejar parte dos aprovados para o Corpo de Bombeiros não contempla a categoria. “Ele chamando 125, ainda sobram muitos. Somos 300, e muitos já passaram em outros concursos”, argumentou.

O concurso da Polícia Militar PM-AC foi lançado em março de 2017, com 250 vagas para o cargo de soldado combatente no nível médio e técnico.

A convocação dos aprovados, de forma imediata, foi uma das promessas de Governo durante a campanha eleitoral do governador em 2018.

A validade do concurso da PM era de seis meses, a contar da divulgação do resultado final do certame, que ocorreu em junho de 2018. Porém, o prazo foi prorrogado por mais dois anos no mesmo mês, menos de dez dias depois.

Continuar lendo

Acre

Acre registra mais duas mortes e 39 novos casos de Covid-19

Publicado

em

Em boletim divulgado nesta segunda-feira, 02, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), registrou 39 novos casos de infecção por coronavírus, sendo todos confirmados por exames RT-PCR, fazendo com que o número de infectados salte para 87.186 nas últimas 24 horas.

Duas notificações de óbitos foram registradas nesta segunda-feira, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.802 em todo o estado. De acordo com o boletim, 27 pessoas seguem internadas entre leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e de enfermaria.

Até o momento, o Acre registra 239.015 notificações de contaminação pela doença, sendo que 151.816 casos foram descartados e 13 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. 84.869 pessoas já receberam alta médica da doença.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas