Conecte-se agora

Prefeitura de Cruzeiro do Sul renova convênio com Entidades Assistenciais

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales assinou convênio com 16 entidades assistenciais de Cruzeiro do Sul, que receberam materiais e recursos para trabalhar com crianças e adolescente em condições de vulnerabilidade no município. Um convênio no valor de 400 mil reais proveniente de uma emenda parlamentar do então deputado Ilderlei Cordeiro proporcionou o aparelhamento e viabilidade para que estas entidades recebessem as condições realizar o trabalho com esse importante segmento da população cruzeirense.

Proteção Social Básica

A Proteção Social Básica destina-se à população que vive em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação e/ou fragilização de vínculos. A Proteção Social Básica tem como porta de entrada ao Sistema Único da Assistência Social os Centros de Referência de Assistência Social – CRAS; uma unidade pública municipal, localizado em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, destinado à prestação de serviços sócio-assistenciais de proteção social básica às famílias e indivíduos. As entidades beneficiadas nesse segmento foram: CRAS, Shalon, Pastoral da Criança, Casa da União, AABB Comunidade, Grêmio Cacique Náuas, Centro de Convivência do Idoso, Educandário, Fundação Betel e Missão Família. A Coordenadora do Programa José do Egito da Comunidade Shalom, que trabalha com 150 crianças, Sydia Costa falou da importância da parceria com a prefeitura para a implementação dos cursos: “ o trabalho que iremos realizar com esses materiais e os recursos são de suma importância para a formação e o aprendizado das crianças. Lá nós trabalhamos com adolescentes e esses cursos que iremos ministrar, irão ajudá-los dando uma perspectiva de futuro para os mesmos. Iremos trabalhar com decupagem, pedraria e pintura”, disse ela. Os cursos terão a duração de dois meses.

Proteção Social Especial

É a modalidade de atendimento assistencial destinada a famílias e indivíduos que se encontram em situação de risco pessoal e social por abandono, maus tratos físicos e/ou psíquicos, abuso sexual, uso de substâncias psicoativas, cumprimento de medidas sócio-educativas, situação de rua, situação trabalho infantil, entre outras. A Proteção Social Especial é desenvolvida nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, que é uma unidade pública estatal, responsável pela oferta de atenções especializadas de apoio, orientação e acompanhamento a indivíduos e famílias com um ou mais de seus membros em situação de ameaça ou violação de direitos. Receberam recursos as entidades do PETI, Casa Abrigo do Juruá, Pastoral do Menor, APADEQ, Lar dos Vicentinos, Desafio Jovem Peniel e Abrigo Lar Novo Dia. A pastora Sônia Salvino da Igreja Peniel que atende jovens e adolescentes através do Desafio Jovem Peniel recém chegada a Cruzeiro do Sul, afirmou que é bom chegar na cidade e já receber apoio pra o trabalho: “estamos chegando na cidade e já recebendo esse apoio que para nós tem um significado muito grande. Primeiro porque trabalhamos na área de pessoas carentes que são dependentes químicos, famílias em situação de risco, meninos e meninas. Esse recurso vai nos ajudar a promover não apenas na área da recuperação mas principalmente como preventivo pra levar para os nossos jovens uma condição melhor de vida principalmente na área da educação”, afirmou.

Todas essas instituições elaboraram projetos, tem seus objetivos, e para trabalharem com o público alvo, que são crianças, jovens, dependentes químicos, idosos, que através desta emenda, receberão todo o material para executarem as atividades.

Segundo a Secretária Municipal de Assistência Social, esse dinheiro veio em boa hora. Segundo ela todas as entidades cadastradas na Secretaria foram beneficiadas com recursos ou matériais: “Somos gratos ao Deputado Ilderlei Cordeiro que foi sensível às necessidades da nossa Secretaria. Com esse recurso que nós recebemos estamos atendendo a todas as entidades inscritas nos programas da Secretaria. Com este auxílio, elas irão poder trabalhar com as crianças, os adolescentes e os idosos que hoje integram cada programa”. A secretária destaca ainda o grande auxílio que estas entidades prestam à prefeitura através do trabalho que realizam.

O ex-deputado Ilderlei Cordeiro disse que se sentia feliz de poder mesmo depois do término do seu mandato, ver emendas de sua autoria chegando e beneficiando as comunidades que trabalham com os menos favorecidos no município.  “Agradeço ao prefeito Vagner Sales que soube acomodar esse recurso. São muitas instituições que necessitam de apoio. Minha intenção ao ver a necessidade era disponibilizar um recurso para que cada uma delas pudesse realizar melhor o seu trabalho. Indicamos esse recurso para a prefeitura, reunimos com todas as entidades e hoje estamos vendo nosso pensamento se realizar. São movimentos ligados a Igreja Católica, a Igreja Evangélica que fazem muito bem o seu trabalho social. As entidades trouxeram suas necessidades, a prefeitura preparou os projetos o hoje estamos colhendo os frutos que é proporcionar o melhor para a nossa população”, disse ele.

O prefeito Vagner Sales falou o que representa para o município cada emenda parlamentar que é liberada: “Cada emenda parlamentar para nós representa muitos benefícios. E elas, graças a Deus têm chegado ao município. Todo mês temos liberação. Já temos a sede da APAE construída com recurso parlamentar; hoje estamos entregando esses materiais com recursos de emenda do Deputado Ilderlei Cordeiro. São entidades que trabalham com pessoas carentes do município. Quando a gente consegue uma emenda é preciso fazer os projetos. Eu tenho dito que é preciso o prefeito ir buscar emenda, se esforçar pra que o dinheiro venha. Mesmo que ela demore a ser liberada, eu prefiro que demore, mas que ela venha para o município”, disse ele. O Prefeito reconheceu a importância do trabalho realizado pelas entidades: “não tenho dúvidas da grande contribuição social que cada instituição dessas dá ao município. Ao todo são centenas de crianças, jovens e adolescentes que são atendidas, que recebem instrução, se libertam da marginalidade e aprendem uma profissão. E isso é um ganho para toda vida, finalizou o prefeito.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

Em entrevista, Fagner diz que Roberto Carlos já perseguiu outros artistas; veja vídeo

Publicado

em

Por

Durante entrevista ao podcast ‘Corredor 5’, o cantor e compositor Fagner, e o músico Michael Sullivan protagonizaram uma situação constrangedora ao serem perguntados sobre uma possível desavença com o cantor Roberto Carlos. Os artistas comentavam sobre a canção ‘Menina Veneno’, sucesso dos anos 80, quando o embate aconteceu.

Enquanto Michael Sullivan tentava desconversar sobre a possibilidade de Roberto Carlos ter se incomodado com o sucesso de Ritchie – intérprete da cação -, e, à época, ter tentando prejudicar o artista, Fagner discordou.

Tentando apaziguar a situação, Sullivan opinou. “Roberto não se preocupa com nada, porque ele sabe que é grande. Isso tudo é folclore. As pessoas acham que o Roberto é sucesso porque ele tem inveja das pessoas… O Roberto é sucesso porque ele tem um talento absurdo”, declarou.

Foi aí que o cantor Fagner se incomodou e saiu do estúdio, ainda durante a entrevista. “Tô indo fumar porque tá rolando muita mentira. Roberto não persegue? Tá brincando?”, disse.

Sullivan então rebateu. “Roberto se preocupa com ele dia e noite. Pode ser que ele tenha reclamado de alguém, que tá divulgando muito o fulano e não divulgando o dele. Igual o Fagner falou: ‘Tô saindo porque tu só pensa no fulano e esquece de mim’. Então qualquer artista tem isso. Agora, de puxar tapete eu não acredito jamais isso do Roberto. O Roberto é um cara que se preocupa com tudo que está acontecendo em volta dele. A música pra ele é tudo. O Roberto vive a música dia e noite. Então surgiu alguém novo, ele ficou ligado. Mas é normal”, encerrou.

video

 

Continuar lendo

Cotidiano

Justiça contrapõe Ibama e mantém papagaio como animal de estimação de idosa no Acre

Publicado

em

A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), por unanimidade, manteve a sentença que permitiu a uma senhora criar seu papagaio (Amazona Aestiva) em casa, como já faz há dois anos, desde que ele apareceu em sua residência.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) interpôs apelação contra a decisão, que determinou a entrega do animal à dona, após a sua apreensão pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do Acre, órgão vinculado ao Ibama.

O relator da apelação, desembargador federal Daniel Paes Ribeiro, ao julgar o caso, considerou que a senhora se afeiçoou ao animal e o papagaio passou a ser um “membro da família”. Segundo o magistrado, no dia 23 de dezembro de 2020 o pássaro sumiu da residência da senhora, o que a deixou “atordoada”. Ela, então, procurou junto com sua neta o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre, que a informou que ele havia sido entregue ao Cetas.

O desembargador federal observou que, de acordo com o termo de entrega, a ave foi submetida a exame clínico, ficando constatado que ele apresentava boas condições físicas, não tinha nenhuma lesão e era a única companhia diária da senhora, que chora sentindo a falta do animal.

Destacou o relator que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) já decidiu que “em que pese a atuação do Ibama na adoção de providências tendentes a proteger a fauna brasileira, o princípio da razoabilidade deve estar sempre presente nas decisões judiciais, já que cada caso examinado demanda uma solução própria”. Para o STJ, deve ser considerado o fato de que a apreensão do animal pelo Ibama pode causar mais prejuízos do que benefícios, já que ele já possui hábitos de ave de estimação e a dignidade da pessoa humana, pois impõe o fim do vínculo afetivo.

“No caso concreto, trata-se de um único pássaro apreendido, sendo fato incontroverso que a autora não praticou atos de maus tratos ao animal, cuja posse não representa risco a` fauna brasileira, devendo ser considerado, ainda, o tempo de convívio familiar e o vinculo afetivo, principalmente por se tratar de pessoa idosa”, concluiu.

Com isso, o Colegiado negou provimento à apelação, nos termos do voto do relator, e manteve a sentença que determinou a permanência do animal com a senhora, até o deslinde final da demanda, bem como que seja suspensa a possibilidade de adoção do referido animal por outro criador.

(TRF1)

Continuar lendo

Cotidiano

Vanda Milani cumpre recesso parlamentar pelo interior do Acre dialogando com o povo

Publicado

em

Durante o recesso do Congresso Nacional, a deputada Vanda Milani (Solidariedade-AC) está em sua base, no Acre, ouvindo os anseios da população, as necessidades dos municípios, assim como visitando instituições para saber as demandas para uma melhor atuação no Estado. Desde a última quinta-feira (29), a deputada cumpre uma extensa agenda no interior.

“São muitas pautas, desde a questão da saúde, no enfrentamento à pandemia, até obras de infraestrutura, apoio a trabalho social e muito diálogo, necessário para priorizarmos a aplicação dos recursos de nossas emendas de forma que atenda as demandas de quem mais precisa”, comentou.

Essa semana a deputada cumpriu agenda em Tarauacá, onde pernoitou na última quinta (29) e Cruzeiro do Sul (30) região do Juruá. Em Cruzeiro do Sul acompanhou agendas institucionais do governo do estado e fiscalizou a aplicação de suas emendas para o município.

Na manhã deste sábado, ela se reuniu com produtores rurais, representantes sindicais e vereadores do município de Feijó, região central do Acre. “Gostamos muito de jeito de trabalhar da deputada Vanda Milani, ouvindo com muita atenção os representantes do povo, é um jeito novo de fazer política que merece nosso respeito” disse a vereadora Vanda Aguiar.

A aquisição de veículos para ajudar no transporte de pacientes para tratamento fora de domicílio foi uma das agendas tratadas durante o encontro na Câmara de Vereadores do município de Feijó, além do apoio necessário para o fortalecimento da agricultura familiar no Envira/Purus.

“Meu mandato é participativo, por isso nada melhor que estar com quem me permitiu representá-los na Câmara dos Deputados, para saber seus anseios. É muito gratificante poder, através de meu trabalho, acompanhar, ouvir essa gente simples do meu querido Acre. É mais que uma honra, é uma missão de amor para mim poder estar próximo do povo”, disse a parlamentar.

Melhor parlamentar avaliada pelo ranking dos políticos, Vanda Milani também se destacou esse ano como a deputada que mais destinou recursos para a saúde pública em parceria com o governo do Acre no enfrentamento à pandemia da covid-19, um total de R$ 15 milhões entre emendas impositivas e extras.

“Vamos continuar trabalhando pelo Acre e o Brasil”, concluiu a deputada.

Continuar lendo

Cotidiano

Autorização de viagem para menores de 16 anos poderá ser feita a partir de segunda

Publicado

em

A partir de segunda-feira (2), os pais poderão emitir pela internet uma autorização para que seus filhos menores de 16 anos possam viajar sozinhos em voos nacionais.

O novo procedimento foi regulamentado neste ano pela Corregedoria Nacional de Justiça e implementado pelo Colégio Notarial do Brasil, que congrega mais de 9 mil cartórios espalhados pelo país.

Até agora, para que um menor de 16 anos pudesse viajar desacompanhado era necessário preencher um formulário em papel, que deveria ser assinado e ter firma reconhecida em cartório, para depois poder ser apresentado às empresas de transportes.

Agora, a Autorização Eletrônica de Viagem (AEV) permite realizar o procedimento inteiramente online, por meio da plataforma e-Notariado, que dispensa o comparecimento ao cartório para diversos serviços.

Na plataforma, os pais poderão realizar uma videoconferência com o notário, que após confirmar a autorização para a viagem, por prazo ou por trecho apontado. Um QR Code para verificação será então emitido e poderá ser apresentado nos guichês das companhias aéreas pelo celular ou impresso em papel.

Por essa via, a autorização poderá ser cancelada a qualquer momento pelos pais ou responsáveis, e o QR Code deixa de funcionar.

Nesse primeiro momento, a opção pela Autorização Eletrônica de Viagem (AEV) é disponibilizada apenas para as viagens aéreas nacionais.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas