Conecte-se agora

Sibá pede isenção de pagamento para produtores atingidos pelas cheias dos rios no Acre

Publicado

em

Nesta terça-feira (28), o deputado Sibá entrou em contato com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para solicitar apoio no sentido de isentar os produtores rurais e ribeirinhos atingidos pelas enchentes e que tiveram 100% de sua produção perdida.

Contraídas principalmente junto ao Banco do Brasil, entidade gerenciadora dos recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), seguramente essas dívidas não poderão ser honradas tendo em vista os enormes prejuízos sofridos pelos produtores. “Precisamos evitar que os produtores sejam prejudicados em função do não pagamento de suas dívidas, e temos que agir rápido, pois milhares de famílias, além de desalojadas, estão vendo suas produções desaparecerem junto às águas, precisamos pensar saídas práticas e urgentes, disse Sibá, que ressaltou a parceria com a Prefeitura e o Governo do Estado para ajudar nessa recuperação.

O MDA, a pedido do deputado, enviará um técnico para avaliar in loco os estragos produzidos pelas cheias. Estima-se que os produtores acumulam prejuízo de cerca de R$ 12,4 milhões com perdas totais nas lavouras de mandioca, banana, grãos e frutas. Outra proposta que o MDA colocará em discussão com os produtores, Prefeituras e associações, é a possibilidade de antecipação de entrega de máquinas, que poderiam ajudar sobremaneira os produtores, considerando que praticamente todos os ramais ficaram submersos e precisarão ser recuperados. Uma reunião, pensada para realizar-se na próxima sexta-feira (02), com local ainda a ser definido, contará com a participação dos secretários de Agricultura da Prefeitura de Rio Branco e do Secretário de Produção do Governo do Acre, além da participação das Prefeituras e das associações de produtores de todos os municípios atingidos. O representante do MDA chegará ao Acre junto com o deputado Sibá, já na quinta –feira.

Embrapa

Ainda nesta terça-feira, o diretor da Embrapa Acre, Judson Valentim, sugeriu ao deputado Sibá que parte das emendas parlamentares destinadas para a Embrapa fossem direcionadas para os produtores rurais, sem prejuízo de outras culturas ou investimentos em outras áreas. Sibá, que alocou R$ 1.300,00, de suas emendas individuais para a Embrapa investir em transferência de tecnologia e cursos de capacitação para pequenos produtores, acatou prontamente a idéia, reforçando que o momento é delicado e a solidariedade deve falar mais alto.

“União de esforços é a palavra de ordem neste momento que é dramático para a produção do Acre, principalmente no que diz respeito à cultura de mandioca e banana”, disse Sibá. Ribeirinhos e pequenos produtores de banana, mandioca, abacaxi, produtores de leite poderão desta forma contar com o apoio da Embrapa no sentido de recuperar e ao mesmo tempo fortalecer futuras produções. “Até quarta-feira faremos um levantamento dos recursos alocados pelos parlamentares e fazemos questão de também somarmos esforços e dividirmos um pouco do montante com quem perdeu tudo”, afirmou Judson Valentim, diretor da Embrapa no Acre.

Da assessoria parlamentar

Acre

Criminoso se esconde, rende mulher e rouba motocicleta em Rio Branco

Publicado

em

Imagens do sistema de segurança e monitoramento registraram o momento exato em que acontecia um roubo na última sexta-feira, 24, no bairro Santa Inês, situado na região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Em vídeo, é possível ver o criminoso andando pela calçada e se escondendo atrás de uma caminhonete, aguardando a vítima. No momento em que uma mulher trafegava numa motocicleta modelo Biz, cor preta, placa QLY-4631, vai se aproximando do carro estacionado.

Com uma arma de fogo, o suspeito entra na frente da moto e rende a jovem, que desesperadamente desce da motocicleta e sai correndo. Em seguida, o criminoso monta na moto e foge do local.

A Polícia Militar foi acionada, fez patrulhamento na região em busca de prender o assaltante, mas ele não foi encontrado. A mulher foi orientada a registrar o boletim de ocorrência na delegacia. O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

Com informações do Portal FNA

Continuar lendo

Acre

Acre tem apenas um novo caso e nenhuma morte pela Covid-19

Publicado

em

O estado do Acre confirmou apenas um novo caso de infecção pela Covid-19 nesta segunda-feira (27). Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre),o número de infectados está em 87.939. Nenhuma cidade acreana teve mortes pela doença nesta segunda.

Dessa forma, o número oficial de mortes por Covid-19 permanece em 1.836 em todo o estado. Até o momento, o Acre registra 248.151 notificações de contaminação pela doença, sendo que 160.174 casos foram descartados e 38 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 85.917 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 14 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Continuar lendo

Acre

Acreano se nega a “ficar” com homem e é agredido em SP

Publicado

em

O jovem acreano e blogueiro, Thiago Matheus, 26 anos, mais conhecido como “Acreana Real” compartilhou nas redes sociais os momentos de terror que viveu na manhã desta segunda-feira, 27, no centro de São Paulo (SP).

Em uma série de stories divulgados no Instagram, Thiago aparece chorando após ter sido vítima de agressão de um homem que não aceitou um ‘não’ como resposta do blogueiro, após ele se negar a ter relações. No vídeo, é possível constatar o rosto do jovem desfigurado.

“O cara queria me obrigar a ficar com ele e eu não queria. Eu vim ao posto da Polícia Militar e o agente me ignorou. O homem me bateu e eu nunca tinha passado por isso na minha vida. Ele falou que ia me levar pra casa dele e depois começou a me bater”, disse o jovem aos prantos.

“As pessoas aqui de SP são cada uma por si. Eu nunca tinha passado por isso na minha vida e eu pedi ajuda na padaria, mas o homem de lá, mandou eu ir embora e o meu agressor me bateu fora da padaria”, acrescentou.

Em outro trecho, Thiago afirmou que se encontra em casa se recuperando das agressões sofridas e salientou que só foi receber ajuda após mostrar o número de seguidores que tinha no Instagram aos agentes da Polícia Militar de São Paulo.

“Eu corri até o posto de polícia e o agente não me deu nem atenção, aí quando eu disse que era influente o policial começou a me dar confiança. O meu medo era o homem me levar e querer me matar. Eu entrei no desespero”, salientou o jovem aos prantos.

Veja o vídeo:

 

Continuar lendo

Acre

Desemprego cresce com bloqueio de ponte em Assis Brasil , diz prefeito

Publicado

em

Após a manifestação de domingo (27) envolvendo brasileiros e peruanos, o prefeito Jerry Correia voltou a criticar o bloqueio sanitário na ponte que liga Assis Brasil a Iñapari. O lado brasileiro está aberto mas há restrição para ingresso no País vizinho, o que segundo Correia facilita abusos.

Não há dados oficiais mas projeções mostram que o movimento econômico de Assis Brasil depende 60% da população peruana vizinha. Há segmentos comerciais que dependem quase 100% de seu movimento normal, como as casas agropecuárias, aos produtores do Pais vizinho.

As madeireiras de Iñapari empregavam cerca de 500 brasileiros, que além de perderem o emprego com o fechamento da ponte ficaram sem poder de compra, uma situação que fragiliza ainda mais a economia da região, sem indústrias, fábricas e com comércio tímido.

“Pedimos que o governo central do Peru reveja essa medida”, disse o prefeito. Em Assis Brasil a população acima de 12 está praticamente toda vacinada contra a Covid-19.

Além da questão econômica, moradores de Iñapari e Assis Brasil reclamam do abuso de parte da polícia peruana em relação ao fluxo na ponte.

“A população de Iñapari também precisa de Assis Brasil, e agora não tem mais o consumo”, completou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas