Conecte-se agora

Missionário da Casa da Benção é acusado de intolerância religiosa

Publicado

em

Jairo Carioca,
da redação de ac24horas
[email protected]

Segundo o site oficial da Casa da Benção este ano é considerado o ano da conquista. Mas ao contrário do que é determinado pela Catedral, o missionário José poderá responder a processo por intolerância religiosa. A acusação é do Centro de Estudos e Referência da Cultura Afrobrasileira do Acre. Segundo a denúncia, o Pastor José, bispo e apresentador do Programa “Casa da Benção”, exibido todas as manhãs das 5h às 6h na TV Rio Branco, SBT, teria proferido palavras que atacam os princípios de Matrizes Africanas.

O Ministério Público do Estado através da Promotoria Especializada dos Direitos Humanos abriu procedimento. A promotoria já solicitou cópias do programa exibido no dia 24 de janeiro onde o referido bispo teria insinuado relações “demoníacas” entre as matrizes africanas. O procedimento tem como base a Carta Magna que em seu artigo 5º diz que é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida à forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias.

Desde a última sexta-feira (03) que a reportagem tenta falar com o bispo. Por telefone fomos atendidos pelo Pastor Dyemes que ao ser informado sobre o assunto garantiu dar um retorno. Hoje as 16h30 o mesmo pastor nos atendeu e disse que não há nenhum interesse por parte do missionário José de responder ao conteúdo da matéria.

Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar as diferenças ou crenças religiosas de terceiros. A Casa da Benção possui 11 igrejas em todo o Estado, sete delas no município de Rio Branco. O templo central, localizado à rua João XXIII, no Conjunto Vilage, tem à frente o missionário José Afonso Teixeira, conhecido também como Bispo José.

Segundo a bíblia em II Cor. 9:6,10 “Deus é quem dá semente ao semeador e é ele quem multiplica os frutos da sementeira”.

Cotidiano

Em 1ª reunião, campanha de Lula avalia possibilidade de ganhar no 1º turno

Publicado

em

Por

A coordenação da pré-campanha do ex-presidente Lula (PT) à Presidência da República realizou hoje (23) a primeira reunião com a presença dos sete partidos da coligação. Na pauta, com base em pesquisas eleitorais, o grupo avalia a possibilidade de expansão da aliança, com o objetivo de ganhar no primeiro turno.

Na reunião, iniciada pela manhã em um hotel na região da Avenida Paulista, em São Paulo, com Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), pré-candidato a vice, ocorreu mais uma análise de conjuntura política, com a exposição do compilado de pesquisas até o momento, feito pelo economista Marcos Coimbra, e a avaliação de cada partido.

Participaram os dois pré-candidatos, os presidentes partidários, dois representantes de cada sigla, entre outras lideranças, como os líderes do PT no Senado, Paulo Rocha (PT-PA), e na Câmara, Reginaldo Lopes (PT-MG).

O diagnóstico é que ainda é possível vencer no primeiro turno, porém a margem é muito apertada. Com base em pesquisas internas e externas de nove institutos, o grupo chegou a três pontos:

Estabilidade inédita de Lula na faixa dos 40% a 42%;

Consolidação dos votos em dois candidatos (Lula e o presidente Jair Bolsonaro);

Tendência de consolidação da eleição no primeiro turno.

De acordo com o agregador de pesquisas UOL, a diferença atual entre os dois é de 12 pontos percentuais.

“Vai ser uma eleição muito disputada, vai ser dura. Sabemos como eles jogam, com as fake news. Trabalhamos com a ampliação desse novo movimento. Procurarmos não só outros partidos como outras lideranças políticas. Todo mundo convencido que temos de ampliar esse nosso movimento”, afirmou a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do partido de Lula, em coletiva após a reunião.

O grupo vê como praticamente impossível o surgimento ou crescimento de um nome em torno da chamada terceira via e a possibilidade de uma vitória já no início de outubro.

A avaliação é que, como Lula, Bolsonaro também teria chegado ao seu teto, após uma alta com a desistência do ex-ministro Sergio Moro (União Brasil), e que o petista tem mais potencial para conseguir votos dos indecisos e do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que rejeita e até debocha de uma possível desistência em prol do PT.

“A frente [em torno de Lula] já está neste sentido [união], o apelo que temos de fazer é com as principais forças democráticas. Temos que respeitar todas as candidaturas, sobretudo a de Ciro —e não só, dialogaria também com a de Simone Tebet [MDB]. Temos uma circunstância que não é simples. Temos que sentar na mesa com todas”, afirmou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), antes de entrar na reunião.

O grupo se reunia no momento em que o ex-governador paulista João Doria (PSDB) retirou sua pré-candidatura. Com isso, a aliança entre PSDB, Cidadania e MDB deverá se voltar a Tebet. Segundo interlocutores, nenhum dos presentes, incluindo Alckmin e o ex-governador Márcio França (PSB-SP), desafetos do tucano, tiveram reação nem apresentaram muita preocupação sobre possíveis efeitos da desistência do tucano.

Conversas com Avante, Pros, PSD e outros nomes

No encontro, os presidentes partidários se mostraram empolgados com a possível vitória, mas disseram que ainda é preciso se movimentar.

“Minha função é ampliar aliança, tentar fazer com que a gente fale com outras pessoas que não estão ainda nesta aliança. Continuar trabalhando nestes dois meses que faltam para a gente fazer essas convenções”, afirmou o deputado Paulinho da Força (SD-SP).

Entre as possíveis alianças, Gleisi citou conversas com Avante, Pros, que já compôs chapa com o PT, e ainda quer outros nomes.

“Temos conversado muito com PSD, com o [ex-ministro Gilberto] Kassab diretamente, e para fechar alianças nos estados. Não sei se conseguimos no primeiro turno diretamente”, afirmou a presidente petista, que também citou conversas com lideranças do MDB no Nordeste.

Agora à tarde, já sem a presença dos pré-candidatos, deverá ocorrer uma reunião mais técnica, de trabalho, para debater as áreas de comunicação, mobilização, agenda, finanças e plano de governo. Também deverão ser definidos os coordenadores de cada núcleo.

Continuar lendo

Cotidiano

Humaitá joga contra o Trem do Amapá e busca a primeira vitória fora de casa

Publicado

em

O Humaitá joga no início da noite desta segunda-feira, 23, pelo Campeonato Brasileiro da Série D. A partida acontece no estádio Zerão em Macapá, contra o Trem, a partir das 18 horas (hora Acre).

A partida fecha a sexta rodada do Grupo 1 do Brasileirão da Série D e o atual campeão acreano vai em busca da primeira vitória fora de casa na competição.

O treinador Álvaro Miguéis tem uma boa novidade. O atacante Fabinho, artilheiro do campeonato acreano de 2022, cumpriu quatro jogos de suspensão e está de volta ao Humaitá. O Tourão de Porto Acre vem de uma suada vitória por 2 a 1 contra o São Raimundo de Roraima e ocupa a sexta colocação no campeonato. O Trem só tem dois pontos e ainda não venceu no campeonato.

Manoel Façanha

Continuar lendo

Cotidiano

Prefeitura atende apelo popular e acaba com lixão em ruas do Conjunto Tucumã

Publicado

em

Moradores do Conjunto Tucumã, especialmente os que residem nas ruas 9 e 1, agradecem a ação rápida da Prefeitura Municipal de Rio Branco, através da Secretaria Municipal de Cuidados com a Cidade, que atendeu um pedido da comunidade e acabou com o lixão que tinha sido formado na calçada da Travessa 16.

O acúmulo de detritos em local inadequado estava causando transtornos, especialmente no que se refere à saúde dos moradores, já que o excesso de entulhos atraía baratas, ratos, caracóis e até cobras.

Na manhã desta segunda-feira (23), uma equipe de máquinas e trabalhadores, cumprindo determinação do Secretário Joabe Lira, da Secretaria Municipal de Cuidados com a Cidade, fizeram uma limpeza geral no local, retirando o lixo e deixando a comunidade agradecida com a agilidade e a boa qualidade do trabalho.

De acordo com a programação, o Conjunto Tucumã será beneficiado com a limpeza geral somente no próximo, porém, nesse caso, o secretário abriu uma exceção.

Continuar lendo

Cotidiano

Atualização de dados da safra de grãos no Acre será divulgada em 8 de junho

Publicado

em

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mantém até o dia 27 de maio mais um acompanhamento nacional das lavouras de grãos realizado pela técnicos da estatal realizam a pesquisa para compor o 9° Levantamento da Safra de Grãos. O levantamento começou nesta segunda-feira (23).

Para esta ocasião, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo são os estados que contarão com pesquisas presenciais. Já os estados de Roraima, Rondônia, Acre, Amazonas, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Pará, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Goiás, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul realizarão o acompanhamento na modalidade remota (contato eletrônico ou ligações telefônicas).

Variáveis como área, produtividade, desenvolvimento das lavouras e progresso da semeadura e colheita serão analisadas, incluindo um acompanhamento dos impactos das geadas nos estados atingidos pelo clima frio mais intenso a partir deste mês de maio.

A coleta dos dados é realizada com várias instituições parceiras, dentre elas, entidades de classe municipais (sindicatos), pequenos e grandes produtores, cooperativas agrícolas, revendas de insumos e empresas de assistência e planejamento rural.

De acordo com a oitava estimativa da safra de grãos 2021/22, divulgada no dia 12 de maio pela estatal, a produção de grãos no país estava prevista em cerca de 270,2 milhões de toneladas. Os resultados da pesquisa para o 9° Levantamento da Safra de Grãos serão divulgados no site da Companhia, no dia 8 de junho, com informações de todos os estados participantes.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!