Conecte-se agora

Plano de Contingência contra enchentes de Angelim falha e famílias alagadas amargam prejuízos

Publicado

em

Salomão Matos,
da redação de ac24horas
salomao.matos@gmail.com

O Plano de Contingência de prevenção contra enchentes assinado na semana passada pelo prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, começa a apresentar suas primeiras falhas e a estrutura apresentada durante a assinatura do decreto se mostrou ineficaz perante a primeira situação de emergência vivenciada pelos moradores da invasão Sapolândia, com a enxurrada  do Igarapé São Francisco que transbordou, atingindo dezenas de residências.

Jurací Nogueira Marinho, Elizângela Pereira de Oliveira, Dominga Gonzala, Eldeir Lima, Vanessa de Moura, Antonia Maria Lopes, Josivan dos Santos, Taison Fernando de Souza e Orleilson Nascimento, são apenas uns dos muitos chefes de famílias que tiveram as suas residências tomadas pela enchente do Igarapé São Francisco e perderam praticamente tudo o que possuíam.

“Com a chuva de ontem (03), o Igarapé transbordou e dede as 02h da madrugada que a gente pede ajuda da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros e não veio ninguém para nos socorrer” relata um dos moradores da invasão Sapolândia.

Somente no final da manhã desta quarta-feira (04), foi que uma equipe da Defesa Civil, comandada pelo Capitão Paulo Fernandes, esteve na invasão Sapolândia fazendo, segundo ele, apenas vistoriando os estragos para saber o que pode ser feito.

Questionado pela nossa reportagem sobre qual solução de imediata poderia ser tomada, no sentido de retirar as famílias para local seguro, o oficial informou, “não temos estrutura e nem pessoal suficiente para tirar todo mundo no momento. Vamos levar o caso as autoridades municipais para que abrigos sejam montados para colocar toda essa gente”, relatou.

Questionado ainda sobre o Plano de Contingência de prevenção contra enchentes assinado na semana passada, o oficial disse também, “o igarapé encheu muito rápido. Não estávamos preparados para essa enxurrada. Vamos fazer o possível mas por enquanto só podemos estar monitorando e torcendo que o volume de água do Igarapé baixe”, finalizou, dizendo não estar autorizado a nos conceder entrevista.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas