Conecte-se agora

Deputado Major Rocha diz que tem telefone grampeado e pede intervenção da Unale no caso

Publicado

em

Acre

Jornal A Gazeta

Manchete: Projeto do fuso horário do Acre deve ser votado hoje na CCJ da Câmara
O projeto de lei que estabelece a volta do fuso horário antigo do Acre, de autoria do senador Padro Taques (PDT/MT), deve ser votado hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Um acordo firmado entre os parlamentares deu prioridade à apreciação e votação da matéria. Para o deputado federal Flaviano Melo (PMDB), a aprovação do projeto é uma resposta do Congresso Nacional à população acreana que decidiu, por maioria, durante o referendo, pelo retorno do fuso horário antigo do Acre.

“Recebemos a confirmação que o projeto será o primeiro a ser apreciado e também votado na sessão desta quarta-feira. Com a aprovação dessa matéria, a população acreana terá confirmada a sua vontade expressada durante o referendo, com o retorno do nosso fuso horário antigo”, explicou. Leia +

Jornal A Tribuna

Manchete: Rocha diz que tem telefone grampeado
O deputado Major Rocha (PSDB) afirmou ontem ter informações de que seu telefone está sob escuta do Sistema de Inteligência de Segurança Pública do Estado do Acre (Sispac). Ele falou logo após discurso do deputado Jamyl Asfury (DEM) que colocou o Sispac em discussão.

De acordo com o deputado Rocha, quem monitora o sistema são policiais militares, alguns deles seus amigos que lhe informaram sobre o grampo em seu telefone, “Estamos vivendo uma ditadura”, disse Rocha, afirmando que também está com prisão disciplinar pedida pela Corregedoria da PM. “Querem acabar com a imunidade parlamentar, tirar um deputado daqui e levar para a cadeia”, comentou. Rocha pediu ao deputado José Luis Tchê (PDT), presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) que intervenha contra o pedido de prisão. Leia +

 

Jornal Página 20

Manchete: Acre é o vice-campeão das Américas no combate à malária
O Acre é o segundo melhor exemplo no mundo no combate à malária. O Estado representou o Brasil no Prêmio das Américas de Combate à Malária, realizado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). A premiação aconteceu em Washington (EUA). Honduras foi o primeiro colocado e o terceiro lugar ficou com a Nicarágua.

“Estamos muito felizes com o carinho e o respeito que tiveram com o Acre. É uma demonstração de que a decisão política culminada com ação e diagnóstico eficazes pode combater doenças e melhorar a vida de quem vive na Amazônia”, disse o governador Tião Viana, que agradeceu o trabalho de todos os profissionais de saúde que se empenharam durante todo esse período de trabalho ao combate à malária. Leia +

Jornal O Rio Branco

Manchete: Motoqueiro é encontrado morto em ramal
Populares encontraram na manhã de ontem (8), o corpo do motoqueiro Cleilton Moraes Olimpio, de 25 anos, vitima de acidente de trànsito no Km 70 da Br 364, Ramal Santa Maria.

A polícia suspeita que o acidente tenha sido desencadeado por um gado ou cavalo, pois segundo moradores da região, a presença de animais na pista são constantes, visto que a área é rural e possui diversos criadores de tais animais.

O acidente pode ter acontecido por volta das 3 horas da madrugada, visto que segundo um amigo, Cleilton saiu da casa de um colega  por volta das 3 da manhã. A polícia não localizou o suposto animal que teria causado o acidente, por isso, não identificou o proprietário do animal para que este fosse notificado. Leia +

Brasil

Portal G1

Manchete: Brasileiros descobrem novo alvo para tratamento de Parkinson
Corte do neurotransmissor acetilcolina pode reduzir efeitos da doença.
Grupo começou pesquisa na UFMG e hoje trabalha no Canadá.

O mal de Parkinson, entre outros efeitos, desregula a produção de neurotransmissores, substâncias químicas que fazem a comunicação entre as células do cérebro. Uma pesquisa publicada pela revista científica “PLoS Biology” mostra que a eliminação de uma dessas substâncias pode evitar que a doença se manifeste.

Trabalhando com camundongos, os cientistas conseguiram, com uma alteração genética, cortar a produção do neurotransmissor acetilcolina em uma região do cérebro chamada de corpo estriado. Leia +

 

Jornal do Brasil

Manchete: Sem luz, Rocinha é cercada pela polícia, relatam moradores
Relatos de moradores da Rocinha afirmam que a comunidade na Zona Sul do Rio de Janeiro foi cercada por policiais no fim da noite desta terça-feira.

Parte da comunidade estaria sem luz, o que é confirmado por residentes do bairro de São Conrado, onde fica localizada a comunidade.

Contatado pelo JB via Twitter, o blogueiro William da Rocinha confirmou haver um cerco policial, mas garantiu que o interior da comunidade estava aparentemente tranquilo no início da madrugada desta quarta-feira. Leia +

 

Folha de São Paulo

Manchete: Invasores da reitoria da USP são soltos após pagamento de fiança 
Os 72 manifestantes detidos durante ação de reintegração de posse do prédio da reitoria da USP (Universidade de São Paulo) foram soltos na madrugada desta quarta-feira, após o pagamento de fiança. Eles foram levados em grupos ao prédio do IML (Instituto Médico-Legal) e liberados após passarem por exames de corpo de delito.

Cada grupo liberado era recepcionado com gritos de “greve, greve” e ” não esquecemos a ditadura” por um grupo de aproximadamente 40 manifestantes que permaneciam em frente à delegacia. Os dois últimos estudantes foram liberados às 3h46. Leia +

Mundo

The New York Time (EUA)

Manchete: U. N. Agência Says Pontos Irã de dados a uma bomba
– TrabalhoArmas inspetores das Nações Unidas acumularam um tesouro denovas evidências de que eles dizem faz um caso “credível” que “o Irã tem realizado actividades relevantes para o desenvolvimento de um dispositivo nuclear,” e que o projeto ainda pode estar a caminho. Leia +

Le Monde (França)

Manchete: Depois de uma ligeira retoma saudando a partida de Berlusconi, os mercados caem. Leia +

O Clarin (Argentina)

Manchete: Remoção de subsídios: indústrias leves vai custar 150% mais
Seis dias depois de anunciar o lançamento da operação “desmantelamento dos subsídios de serviços públicos”, o Governo tomou ontem as regras primeira resolução para um conjunto de actividades comerciais e industriais mover-se para pagar o preço cheio de energia eléctrica .

Por meio da resolução 1301, o Departamento de Energia determinou que a partir de 01 de dezembro bancos, finanças, seguros, cartões de crédito, empresas de telefonia celular, jogos de azar, petróleo, mineração, aeroportos e operadores de transporte de passageiros deixará de receber subsídios que estão em curso nas taxas de elétrica.

Ele acrescentou que o telefone . De acordo com cálculos preliminares feitos técnicos de campo elétrico, eles terão de enfrentar os aumentos nos sectores no valor de energia irá variar entre 120% e 150%. Leia +

 

 

 

 

 

 

 

 

Acre

Acre contribuiu com 7,32% do desmatamento da Amazônia

Publicado

em

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), concluiu nesta quarta-feira (30) a estimativa da taxa de desmatamento na Amazônia. O valor estimado do desmatamento no período de 01 agosto de 2021 a 31 julho de 2022 foi de 11.568 km2. Esse valor representa uma redução de 11,27 % em relação à taxa de desmatamento consolidada pelo o Programa de Monitoramento da Floresta Amazônica Brasileira por Satélite (Prodes) em 2021.

O Acre desmatou, segundo o Prodes, 847 km2, contribuindo com 7,32% do total desflorestado na Amazônia no período. Comparando com 2021, há uma redução de 4,72%, taxa que é a menor entre os Estados que reduziram o desmate.

O mapeamento do Prodes é feito com base em imagens dos satélites Landsat‐8 e Landsat‐9 (sensor OLI), ou, no caso de indisponibilidade de imagem OLI com baixa cobertura de nuvem, Sentinel‐2 (sensor MSI). São registradas e quantificadas as áreas desmatadas maiores que 6,25 hectares. O Prodes considera como desmatamento a remoção completa da cobertura florestal primária por corte raso ou o estágio final de uma degradação progressiva da floresta em que há a perda completa do dossel, independentemente da futura utilização destas áreas. A estimativa da taxa 2022 foi calculada a partir da análise de 108 cenas prioritárias de todos os Estados da Amazônia.

Continuar lendo

Acre

Motorista se distrai e colide veículo em poste na entrada de motel

Publicado

em

No início da tarde desta quarta-feira, 30, uma imagem viralizou nas redes sociais. Um condutor de um Polo branco, colidiu com um poste na entrada do motel Via Motel, na Via Verde, em Rio Branco.

Segundo divulgado, o motorista teria, não se sabe ao certo, se distraído na rodovia próximo ao estabelecimento – usado para momentos amorosos.

Até o momento não se teve registro de ferimentos aos ocupantes do carro, apenas danos na parte dianteira do veículo.

Continuar lendo

Acre

Boletim da Sesacre traz mais 245 novos casos de coronavírus

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informou que foram registrados mais 245 novos casos de coronavírus nesta quarta-feira, 30 de novembro. O número de infectados notificados é de 153.975 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 360.777 notificações de contaminação pela doença, sendo que 206.785 casos foram descartados e 17 exames de RT-PCR aguardam análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen).

Pelo menos 150.293 pessoas já receberam alta médica da doença, e não há registro de pessoas internadas até o fechamento deste boletim.

Nenhum óbito foi notificado nesta quarta-feira, 30, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 permaneça em 2.029 em todo o estado.

Continuar lendo

Acre

Instituto irá plantar 1 milhão de árvores no AC e oeste da Amazônia

Publicado

em

A Amazônia perdeu 10.781 km² de floresta em 2022, registrando a maior taxa dos últimos 15 anos, de acordo com dados do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia. O avanço sobre a floresta afeta sua capacidade de absorver carbono, além de tornar improdutivas terras que fornecem alimentos e renda para comunidades tradicionais e povos indígenas.

Em meio a esse cenário de devastação, a The Caring Family Foundation (TCFF) se une à SOS Amazônia para plantar 1 milhão de árvores até março de 2024, o que equivale a recuperar 600 campos de futebol de áreas degradadas no estado do Acre e no extremo oeste da Amazônia brasileira.

Para garantir o cumprimento dos objetivos e facilitar a logística em locais de difícil acesso, será construído 12 viveiros comunitários nas regiões do Vale do Juruá e do Vale do Rio Acre.

Além disso, será oferecido assistência técnica às famílias durante um período de três anos, a fim de garantir a adoção de boas práticas de produção, controle de pragas e doenças e a manutenção dos cultivos. Também serão entregues kits de ferramentas e insumos.

“Nosso objetivo é empoderar as famílias para que elas possam ter condições de ampliar suas áreas de restauração e consigam diversificar a produção com espécies de interesse ecológico e econômico, possibilitando a comercialização do excedente em feiras locais”, afirma Adair Duarte, coordenador do Programa de Restauração Florestal da SOS Amazônia.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.