Conecte-se agora

ACREUCHO

Publicado

em

A idéia de começar a escrever partiu de um convite feito por um professor de português. Assim, o gaúcho Jorge Nascimento, nascido em Porto Alegre, e que vive no Acre desde 1983, passou a ser conhecido depois de publicar seu blog de nome: Acreucho. “Um prato cheio para quem gosta de escrever, uma fonte inesgotável de conhecimentos”, classifica o autor.

Ele conta que foi impulsionado a dar rabiscadas na política depois da implantação do governo petista no poder. “Nunca vi um governo envolvido em tanta corrupção”, disse Acreucho se referindo à presidenta Dilma e as demissões de seis ministros em seu atual governo.

Quem ver Acreucho trabalhando com publicidade de carro de som nem imagina que ele viveu durante alguns anos como um nômade, transitando entre as cidades de Porto Velho-RO, onde movimentava negócios que lhe inspiraram a fixar residência em Rio Branco-AC.

– O Acre é uma terra de oportunidades; fiquei até o ano de 1989 indo e vindo para Porto Velho. Em 1991 vim morar definitivamente na capital do Acre. Na época as coisas eram mais fáceis, poderíamos ficar conversando nas calçadas. Hoje é tudo muito diferente – acrescentou Acreucho.

Como a maioria dos bons escritores, é à noite, “quando a mulher não briga” que Acreucho faz seus textos. Ele condena veementemente os blogueiros e internautas que jogam “lixo” na rede. “Coisas do tipo: agora estou fazendo as minhas unhas eu estou lhe tirando do meu grupo de amigos…”.

Para Acreucho, embora a rede seja uma das maiores expressões de liberdade, é local de se falar o que pensa, mas construindo algo de bom para a sociedade. Ele citou em suas últimas postagens, por exemplo, “que a companhia contratada pela Prefeitura para retirar o lixo não vem dando conta da demanda principalmente nos bairros recém-criados pelo governo”.

– Eu sempre gosto de frisar que meu blog é de opinião minha. Eu analiso o que você coloca e o que os outros colocam e faço a minha análise, dou umas barrigadas às vezes, mas escrevo o que eu penso – esclarece o blogueiro.

Sem perder a oportunidade de dar uma apimentada na política, Acreucho conta um conselho que deu ao atual senador Aníbal Diniz.

– Disse a ele para não fazer prestações além de 48 mensalidades e que não se candidate à reeleição para não passar vergonha – falou.

Com relação à sucessão municipal, o bom gaúcho também deixou sua impressão afirmando que a candidatura de Marcus Alexandre será mais uma “barrigada” do PT. Sincero, Acreucho diz que Fernando Melo precisa ser oposição e não simplesmente “estar na oposição”. O analista político diz que é preciso apenas um cozinheiro para mexer na panela da oposição.

Conheça o seu blog e passe a segui-lo. Você terá motivos de sobras para se dizer uma pessoa bem informada.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
[email protected]

Acre

No Crea, Nilson Euclides defende fim da reeleição para majoritários

Publicado

em

O professor Nilson Euclides, candidato ao Governo do Acre pelo PSOL, palestrou nesta terça-feira, 16, no auditório do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Acre (Crea-Ac) e classificou como “angustiante” o atual perfil socioeconômico do estado onde, segundo ele, até a produção de mandioca sofreu um retrocesso de 40%.

Euclides aproveitou para desafiar os candidatos a assumirem o compromisso de descartar a reeleição para cargos majoritários. Para ele, governar de olho na reeleição faz com que o Executivo seja obrigado a manter caciques políticos “que deem sustentação às suas ambições e a administração segue sem a definição de um projeto de desenvolvimento com foco na redução da desigualdade social”, afirmou.

O candidato lembrou que seu programa de Governo prevê a participação popular, a transparência e o desenvolvimento. “Quando digo participação popular incluo desde as associações de bairros aos conselhos mais poderosos do País, como o CREA que não foi ouvido na elaboração do Orçamento de R$ 7,8 bilhões que o Estado tem para este ano”, argumentou.

Nilson Euclides destacou que a atual administração falhou em infraestrutura e disse que anel viário e pontes não contemplam a população mais pobre do Acre, que sofre com a falta de habitação popular, saneamento básico e escolas de qualidade.

Em seu plano de governo, Nilson Euclides assumiu o compromisso de construir pelo menos uma escola conceito, que chamará de Centro Integrado de Educação e Sociabilidade. O candidato também fez a defesa do agronegócio, mas lembrou que para este segmento ser competitivo é preciso incluir a agricultura familiar, a pequena propriedade e a industrialização, no Acre, dos grãos aqui cultivados para agregar valor e gerar empregos.

Continuar lendo

Acre

Candidata do Trisal nas eleições vai a praia no 1º dia de campanha

Publicado

em

A sargento da Polícia Militar do Acre Alda Radine, que ganhou repercussão nacional ao assumir um relacionamento entre três pessoas, conhecido como trisal, está há pelo menos quatro dias em viagem ao nordeste brasileiro. A viagem ocorre em meio à campanha eleitoral que começou oficialmente nesta terça-feira, 16, em todo o país.

Alda é candidata a deputada federal pelo MDB e não tem nenhuma publicação no feed de seu Instagram mencionando a pretensão política. A militar ainda falou por meio de vídeo nos stories que foi ao Ceará para visitar os filhos e seus pais.

Seu limite legal de gastos, conforme consta no portal de divulgação dos candidatos é de R$3.176.572,53.

 

Continuar lendo

Acre

Bocalom pede afastamento do PP para apoiar Petecão e Márcia

Publicado

em

Na última segunda-feira, 15, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), protocolou um pedido de afastamento do partido por 120 dias – alegando ordem de cunho pessoal.

De acordo com o documento protocolado na direção do Partido Progressistas, em Rio Branco, Bocalom se dirige cordialmente ao presidente da sigla, governador Gladson Cameli – candidato à reeleição, solicitando o afastamento.

A medida visa garantir meios legais para o chefe do executivo municipal apoiar a candidatura do senador licenciado, Sérgio Petecão ao governo do Acre pelo PSD e a candidata ao Senado da República, Márcia Bittar pelo PL.

O gesto de Bocalom segue o exemplo do que fez o governador Gladson Cameli em 2020 quando se afastou do PP para apoiar a candidatura de Socorro Neri à reeleição da prefeitura de Rio Branco pelo PSB.

 

Continuar lendo

Acre

David Hall projeta gerar 80 mil empregos em 8 anos

Publicado

em

Candidato ao governo do Acre pelo AGIR, o professor David Hall levou seu coordenador de campanha, Kleber Miranda, à entrevista na TV Gazeta na tarde desta terça-feira (16). Ao jornalista Gabriel Rotta, Miranda apresentou a proposta do partido que conseguiu reunir uma equipe de candidatos considerados conectados com o projeto encabeçado por Hall.

A ideia central é desenvolver o estado do Acre 50 anos em apenas 8. “O AGIR tem um projeto claro, que pretende desenvolver o estado do Acre 50 anos em oito anos por meio do incentivo ao agronegócio, agricultura, fomentar nossa economia”, disse Kleber.

David Hall tem como vice-candidata ao governo a empresária liberal Jorgiene Carneiro. “Não tem estamos aqui para brincar de política. Nossos candidatos, a maioria, não tem carreira política. Hall não é filho de empreiteiro, ele é gente como a gente”, afirmou o coordenador.

Considerado um partido de Centro, os representantes do AGIR garantem ter um projeto voltado para o desenvolvimento econômico do estado. “Gerar 80 mil novos empregos no Acre é uma de nossas propostas. Incentivando a criação de novas empresas, trazendo novas empresas pro estado do Acre, incentivando a geração de empregos”.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.