Conecte-se agora

Moisés Diniz reconhece problemas no Manejo do Antimary e chama oposição para convergência

Publicado

em

O deputado Moises Diniz, líder do governo na Assembleia Legislativa foi escalado pela Frente Popular do Acre para afirmar que existem sim problemas na execução do Manejo Florestal do Antimary. Em entrevista à imprensa, ontem (18), o comunista disse que os “problemas pontuais expostos pelo ‘vídeo do mal’ precisam ser corrigidos”. Por telefone, ainda ontem à noite, ele disse a reportagem que a hora é de convergência.

O comunista quer diminuir a distância entre as defesas apaixonadas em torno do manejo florestal e através do debate científico direcionar esforço para correção das falhas existentes na direção de estratégias que venham corrigir os manejos que devem seguir em direção ao Juruá.

– O parlamento está diminuindo o seu poder de atuação, entendo que com um grande debate, reunindo especialistas, ambientalistas, estudantes acadêmicos, seja possível se encontrar linhas que se dirigem para o mesmo ponto – argumentou o comunista.

Ainda segundo Diniz, não se pode sujar a imagem do Acre para o mundo apenas com pontos falhos identificados no que representa 0,1% de toda a área de exploração disponível. Moises disse que esses problemas poderiam ter sido resolvidos em casa.

Leia mais sobre este tema:
>>> Golpe Verde no Acre: Revista IstoÉ denúncia devastação da Floresta Estadual do Antimary
>>> Revista ISTOÉ com novas denúncias contra o Antimary, sumiu das bancas do Acre
>>> Tião não comenta reportagem da ISTOÉ e bem humorado fala do amanhecer e parabeniza educadores pelo Facebook
>>> Governo do Acre se defende de acusações da revista ISTOÉ mostrando foto do Major Rocha assinando acordo na Floresta do Antimary

>>> “Eu não aprovo roubo! O que está havendo no Antimary é roubo” diz Rocha em resposta ao governo

O deputado Major Rocha diverge apenas na figuração dada por Moisés Diniz que classifica o principal documento que puxou esse debate, como vídeo do mal. “Se é para convergir a situação precisa mudar essa postura de luta do bem contra o mal”, acrescentou. Para o tucano, a peça produzida com o aval dos seringueiros e produtores foi fundamental para puxar essa reflexão.

– Portanto não é um vídeo do mal, pelo contrário, trouxe à luz da transparência algo que estava esquecido e abandonado dentro das matas. Com o debate cientifico podemos devolver a dignidade e a qualidade de vida aos produtores – avaliou.

Rocha antecipou a organização de um grande debate que será realizado com a participação de ambientalistas nacionais, estudantes acadêmicos, seringueiros, produtores e a sociedade civil organizada, de onde ele pretende retirar propostas para serem apresentadas como alternativa de manejo.

– Nunca disse que sou contra o manejo, sou contra o roubo, a forma predatória que está sendo executada dentro do Antimary. Saindo desta linha primária, vamos com a ajuda de estudiosos acrescentar a apresentação de soluções ao debate, por que estudos já existem nesse sentido, e com isso fechar esse novo ciclo com chave de ouro – completou.

O deputado entrega na sexta-feira, o vídeo documentário e um relatório de trabalho feito dentro do projeto do Antimary para os órgãos de fiscalização do Estado do Acre, entre eles, o Ministério Público. O documento chegará também ao Imaflora, ITTO e Conselho Brasileiro de Manejo Florestal – FSC.

Ele também requisita via Assembleia Legislativa, documentos fiscais e autorizações ambientais de exploração da madeira nos anos de 2009 e 2010.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
jscarioca@globo.com

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Governo monta novo hospital para Covid-19 no antigo quartel do Bope

Publicado

em

O aumento da demanda ocasionada pelo alto índice de contaminação pelo novo coronavírus na capital acreana fez com que o governo do Acre montasse uma nova estrutura para atender os pacientes. O local escolhido para ampliar os atendimento foi o prédio do antigo quartel do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

A informação foi anunciada pelo próprio governador Gladson Cameli neste sábado (27). O local, segundo o governo, está sendo transformado em um hospital de apoio ao Into para atender pacientes com Covid-19.

“Nossa intenção é abrir mais 20 leitos de enfermaria e outros 10 espaços de pronto atendimento, caso haja necessidade do uso de oxigênio”, diz Cameli.

O governo garante estar buscando de todos os lados evitar que o Acre sofra um colapso na saúde. “Pretendemos entregar essa obra o mais rápido possível. Meu muito obrigado à equipe da Seinfra que está fazendo o trabalho”, concluiu.

Continuar lendo

Acre

Governo mobiliza 8 ministérios para resolver crise imigratória no Acre

Publicado

em

Por

O governo federal mobilizou a atenção de oito ministérios para ajuizar nessa sexta-feira, 26, uma ação na Justiça Federal do Acre pela qual pede força policial a fim de expulsar um grupo de imigrantes que bloqueia a ponte que liga Assis Brasil (AC) a Iñapari, no Peru.

O protesto dos imigrantes na Ponte da Integração começou depois que o governo do Peru repeliu a entrada de estrangeiros em virtude da pandemia do novo coronavírus. Os imigrantes passaram a se concentrar em Assis Brasil. De acordo com relatórios do governo, no último dia 14 eles começaram a bloquear a passagem de caminhões do Brasil para o Peru.

Os imigrantes querem chamar a atenção das autoridades para o impasse em que vivem desde que o Peru impediu a passagem pelo país. Em Assis Brasil, mais de 150 imigrantes estão em abrigos e outros cem se encontram “em situação de rua, a maioria documentado vindo de São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro para cruzar a fronteira com o Peru”, conforme um relatório do governo federal.

A partir de notas técnicas produzidas pelos ministérios, a AGU (Advocacia Geral da União) pediu que a Justiça autorize a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar do Acre a desobstruírem a ponte. Na petição inicial, a AGU citou os nomes de seis imigrantes nascidos na Guiné, um no Haiti e outro na Costa do Marfim como os supostos “líderes da ocupação” na ponte.

A AGU pede que o oficial de Justiça seja instado a “identificar os líderes do movimento” e que seja estabelecida uma multa, contra os imigrantes, de R$ 50 mil por hora em caso de descumprimento da decisão judicial.

O juiz da 2ª Vara Federal do Acre, Herley da Luz Brasil, citou que “o caso se refere a litígio coletivo que envolve situação delicada, em razão da vulnerabilidade social e econômica de imigrantes e do momento histórico da pandemia da Covid-19”. Por isso pediu, antes de decidir, que o MPF (Ministério Público Federal) e a DPU (Defensoria Pública da União) se manifestem em até 24 horas. O prazo acaba às 19h00 deste sábado (27).

Os documentos, notas técnicas e manifestações juntados pela AGU na abertura da ação judicial mostram que assunto bloqueio da ponte passou por oito ministérios em Brasília: Casa Civil, Justiça, Saúde, Economia, Infraestrutura, Relações Exteriores, Cidadania e Mulher, Família e Direitos Humanos.

Continuar lendo

Acre

Bocalom passará mais 3 dias fora de Rio Branco para ver a família

Publicado

em

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom (Progressistas) viaja neste sábado, 27, para Araguari, cidade mineira em que residem sua esposa e filhas. Desta vez, a viagem será para visitar os familiares.

“Vai ver a esposa e família! A esposa está há 5 anos numa UTI montada em casa, na cidade de MG”, explicou a assessoria de imprensa do prefeito.

Antes de embarcar, Bocalom visitou os pontos de vacinação que estão montados na capital acreana imunizado idosos de 74 a 84 anos contra a Covid-19. Durante a visita, o prefeito passou algumas orientações às equipes que estão atendendo.

“Ontem ele e a equipe de Defesa Civil e ação social também passaram orientações de como ele quer o atendimento às famílias, de forma bem humanizada!”, diz sua assessoria.

A última vez que o prefeito esteve fora foi no início dessa semana, quando viajou para Brasília para participar do lançamento do programa do governo federal Agenda do Prefeito + Brasil.

Continuar lendo

Acre

Weverton é eleito melhor goleiro e dedica troféu ao Acre

Publicado

em

O goleiro acreano Weverton Pereira, titular do Palmeiras, ganhou pela segunda vez o prêmio Bola de Prata, da ESPN. Para ele, é motivo de orgulho ser novamente premiado pela atuação como atleta.

“Primeiro eu quero agradecer a Deus e aos meus colegas por esse prêmio. Nós conquistamos muitas coisas esse ano e ganhar esse prêmio individual é muito bom”, afirmou o goleiro ao UOL.

O acreano também aproveitou a oportunidade para falar sobre a crise com as enchentes no Acre.

“Quero dedicar o troféu para o povo acreano que está sofrendo e precisa de muita ajuda e muitas orações. Nesse momento de felicidade pra mim eu também sei que tem muita gente sofrendo por lá.

O Palmeiras foi campeão da Copa Libertadores 2020 e a defesa do clube teve destaque nas partidas. Nas redes, o alviverde comemorou a conquista dos atletas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas