Conecte-se agora

Secretário nega que Secom pague R$ 16 mil de aluguel por mês por uso de carro particular

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), do Governo do Acre, republicou no Diário do Estado de quinta-feira (06), pela segunda vez, o mesmo contrato no valor de R$ 197 mil para registro de preços na contratação de veículos de passeio, com condutores e atendimento 24 horas de segunda a segunda, incluindo os feriados.

A republicação teria sido motivada por erro e a empresa D. S. Maia Lima-Me, de propriedade de Danuta de Souza Maia Lima, deve administrar os valores que prevêem  pagamentos de quase R$ 1.500,00 por chamada avulsa por veículo.

O contrato assinado pelo jornalista Leonildo Rosas Rodrigues, da Comunicação, foi publicado pela primeira vez no dia 08 de agosto de 2011.

SECRETÁRIO EXPLICA – Procurado pela reportagem, o jornalista Leonildo Rosas, secretário de comunicação do governo do Acre disse que não procede a informação de que a SECOM paga mais de R$ 16 mil por carros de “passeio”.

“Ninguém usa os veículos para passear, mas, e tão-somente, para trabalhar.
Este ano por orientação da Controladoria Geral do Estado, o Contrato n° 19, foi desmembrado por se tratar de dois tipos de serviços (serviço continuado e serviço não continuado).
O serviço continuado nos permite prorrogação de prazo e o não continuado não permite.
Dessa forma, a CGE orientou a desmembrar o contrato ficando o 19-A para os veículos com condutores e o 19-B para os veículos sem condutores.
CONTRATO 19-A / 2011VALOR MENSAL DO CONTRATO PARA LOCAÇÃO DE 11 (ONZE) VEÍCULOS COM CONDUTORES – 16.494,17 – CADA VEÍCULO SAI POR R$ 1.499,47.
VALOR GLOBAL DO CONTRATO – 197.930,04
CONTRATO 19-B / 2011VALOR MENSAL DO CONTRATO PARA LOCAÇÃO DE 05 (CINCO) VEÍCULOS SEM CONDUTORES – 7.497,35 – CADA VEÍCULO SAI POR R$ 1.499,47.
VALOR GLOBAL DO CONTRATO – 89.968,20
CHAMADA AVULSA MENCIONADA NOS CONTRATOS refere-se às quantidades contratadas, ou seja, mesmo o contrato prevendo 11 veículos na categoria com condutores e 05 sem condutores, isso não nos obriga a chamar todas as quantidades, e sim, uma quantidade menor, de acordo com a necessidade, isso é que se chama “chamada avulsa”.
A republicação se fez necessária, primeiro pela necessidade do desmembramento do contrato, segundo pela alteração da data do contrato, pelo fato do parecer jurídico da SECOM ter sido posterior ao parecer da CGE, logo a ação do desmembramento do contrato foi posterior.
Informo, ainda, que temos apenas sete veículos alugados, perfazendo um valor global de R$ 10.496,29

Os veículos alugados estão assim distribuídos: 3 na SECOM, atendendo as demandas do jornalismo e administrativas, 2 na Rádio Difusora, 1 na sede da TV Aldeia, em Cruzeiro do Sul e 1 na TV Aldeia, em Rio Branco.
Amigo [VAZ], você me conhece há décadas. Sabe que sempre tive lado e da minha integridade moral e ética. Não pratico nem coaduno com a ilegalidade.
Sei também o motivo dessa publicação e entendo a posição política do site. Jamais irei trabalhar contra democracia de bem informar, mas não ficarei calado diante da injustiça e ilações claras de atingir a minha honra.
Um abraço e conte com todo o meu respeito.
Léo Rosas”

 

Edmilson Alves, de Rio Branco-Ac
edmilsonacre@yahoo.com.br
Redação de ac24horas

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Falta de transparência deixa Acre no fim da tabela de vacinação

Publicado

em

A falta de transparência das 22 prefeituras do Acre, em relação à vacinação do coronavírus, fez com que o Estado ficasse nos últimos lugares no ranking de vacinação contra à Covid-19 no Brasil.

Segundo o site Coronavírus Brasil, que monitora o número de casos, óbitos, testagem e a vacinação, o Acre vacinou desde terça-feira, 19, até esta sexta-feira, 22, somente quatro acreanos.

No entanto, esse número de vacinação é bem maior, já que na maioria dos municípios [Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Tarauacá] já começaram a vacinação contra à Covid-19.

Até esta sexta-feira, 22, o Brasil contabilizou mais de 200 mil brasileiros vacinados contra à Covid-19.

Com 41 mil doses, o Acre deu o pontapé inicial na vacinação pela manhã da última terça-feira, 19, com a vacinação do idoso José Marcelino de Oliveira, de 85 anos, que foi a primeira pessoa a receber a imunização da CoronaVac no Acre.

Além dele, outras três pessoas também receberam as primeiras doses da vacina. Foram elas: a enfermeira Maria José Monteiro, 66 anos, a enfermeira indígena Elza Severino da Silva Manchineri e a técnica em enfermagem Raimunda Gomes do Nascimento, 69 anos.

Continuar lendo

Acre

Alto Acre volta ao Vermelho com piora dos casos de Covid-19

Publicado

em

A região do Alto Acre voltou ao nível de emergência na classificação de risco da pandemia do novo coronavírus. Os dados, divulgados em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 22, pelo Comitê Especial de Acompanhamento da pandemia no estado, apontam que do último dia 3 de janeiro ao dia 16, houve piora nos indicadores que avaliam os pacientes infectados.

Agora, os quatro municípios pertencentes à região deverão obedecer às medidas mais rígidas em vigor na pandemia, conforme Decreto 5.496, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

Nas duas últimas semanas, o Alto Acre piorou a situação de isolamento social, o que fez a regional regredir. “Piora em isolamento social, notificação por síndrome gripal, óbito e ocupação de leitos clínicos e Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, disse a coordenadora do Comitê, a farmacêutica Karolina Sabino.

Com a classificação em nível de emergência (Bandeira Vermelha), apenas as atividades comerciais consideradas essenciais deverão funcionar nesse período. O aumento de ocupação em leitos clínicos, por exemplo, subiu 450%.

Continuar lendo

Acre

No Acre, índios aldeados são menos infectados pela Covid-19

Publicado

em

Foto: Divulgação

Índios aldeados tem sido menos infectados que os que vivem nos municípios do Acre, sugerem os dados da Comissão Pró-Índio (CPI). O número de infectados nas terras indígenas é de 1.218 pessoas e os que vivem nos municípios somam 1.230.

No entanto, indígenas não aldeados –aqueles que vivem fora das terras indígenas -estão fora da lista de prioridade para vacinação contra a Covid-19.

Segundo a última atualização dos dados da CPI Acre do dia 18/1, os boletins semanais dos Departamento Sanitários Indpigenas (DSEIs) Alto Rio Purus e Alto Rio Juruá não foram divulgados até o momento, e o boletim da Sesacre registrou três novos casos de indígenas contaminados no município de Santa Rosa do Purus.

“Colaboradores da CPI em Feijó informaram que no município, nas margens do rio Envira, há indígenas Madijá com Covid-19 e estamos aguardando as informações do DSEI Alto Rio Juruá para incluir os casos no monitoramento”, informa a Comissão Pró-Índio.

As vacinas já chegaram a várias comunidades no Vale do Juruá.

Continuar lendo

Acre

Padre contesta feriado e pede orações de todas as religiões

Publicado

em

O governo do Are transferiu para esta sexta-feira, 22, o feriado do Dia do Católico, data comemorada em 20 de janeiro. Entretanto, uma das autoridades católicas mais conhecidas e respeitadas do estado, Padre Massimo Lombardi, contestou o feriado, além de destacar a importância de todas as demais religiões praticadas pelos acreanos.

Em mensagem, Massimo diz questiona o Dia do Católico e o Dia do Evangélico, ambos comemorados no Acre. “No céu não existirão católicos nem evangélicos, padres, nem pastores e nem pai de santo. No Reino dos céus existirão só os resgatados pelo Sangue precioso de Jesus, que testemunharam o amor incondicional ao próximo”, escreveu.

O Padre, que é responsável pela área missionária Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco, pediu ainda que, para o fim da pandemia do novo coronavírus, é necessária a oração de Católicos, Evangélicos, Umbandistas, Daimistas, Candoblecistas, Espíritas e budistas. “Axé, Awereré, Amém, Aleluia, Paz, Shalom e um bom dia para todos”, concluiu.

Com o feriado, os órgão e entidades das administrações direta e indireta do Poder Executivo estadual não funcionarão. O serviços de atendimento nas unidades de saúde e no Hospital das Clínicas (Fundhacre), incluídos os serviços de Atendimento Médico Especializado, de Apoio Diagnóstico, internação, centro cirúrgico, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), Central de Agendamento de Cirurgias e Hospital Dia funcionarão normalmente. As demais atividades serão retomadas na próxima segunda-feira, dia 25 de janeiro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas