Conecte-se agora

Mulher é assassinada com dez golpes de terçado por ex-marido

Publicado

em

A senhora Evângela Teles de Souza, 32, residente na Comunidade São Pedro, Ramal Buritirana foi brutalmente assassinada com 10 golpes de terçado, desferidas pelo ex-marido João Tertúlio da Cruz, 42, residente no mesmo endereço da vítima, mas estava separado e morando no mesmo teto. O assassino ainda lesionou um bebê, Vinicius Teles de Souza, de sete meses, filho da vítima com outra pessoa, atingido com um corte na cabeça e a cunhada da vítima Geovana Silva de Souza, 23, que sofreu um corte na mão.

O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (21) e a ocorrência foi atendida por policiais do Comando de Operações Especiais (COE) do 6º Batalhão da Polícia Militar, juntamente com policiais do 2º Pelotão da PM de Rodrigues Alves, comandada pelo sargento PM Evandro, que se deslocaram ao Ramal da Buritirana por volta das 23:30 horas e já encontraram a vítima em óbito.

Segundo as informações colhidas no local vinha acontecendo desentendimentos entre o casal, que apesar de separados, moravam na mesma casa. Não foi mencionado o tipo de atrito que acontecia entre as partes que culminou com o assassinato.

O irmão da vítima, senhor Edilson, avaliou que o crime foi cometido por motivo de ciúmes. “Eles só viviam brigando e se separando. Numa das vezes que se separaram ela teve junto com um cidadão e teve um filho dele. Ele ficou querendo voltar, mas aconselhamos que não daria certo, porque ela já tinha o filho de outro. Mas, assim mesmo ela voltou para ele e continuaram a brigar, não dormiam juntos, diziam que eles não tinham relação e acabou com este crime bárbaro que deixou chocados toda nossa comunidade”, disse.

Segundo Edilson a sua irmã estava dormindo, ele entrou no quarto e acordou-a para assassiná-la.

Os peritos do Instituto de Criminalística fizeram a perícia técnica e constataram que a vítima foi atingida com 10 golpes de terçados em várias partes do corpo. O bebê e a jovem foram socorridos por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Geovana recebeu atendimento no local e foi liberada. Vinicius foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Regional do Juruá e o corte na sua cabeça recebeu três pontos cirúrgicos.

O corpo da vítima foi conduzido ao Instituto Médico Legal para procedimentos e análises e o assassino evadiu-se na floresta da região e não foi mais visto. A selva que circunda a região é uma área muito grande e o acusado conhece bem a região.

Na manhã desta quinta-feira (22) agentes da Polícia Civil prenderam o acusado que estava no centro da cidade, em frente ao Mercado Joãozinho Melo, andando com um mototáxi, quando preso e encaminhado à Delegacia Geral de Polícia para ser lavrado o flagrante.

www.vozdonorte.com.br – Da redação

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Movimento organiza carreata pedindo impeachment de Bolsonaro

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 16, um grupo apartidário de acreanos começou a organizar, por meio das redes sociais, um movimento pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No cartaz, o grupo marca uma carreata contra Jair Bolsonaro para o próximo sábado, 23, na rua Alameda Alemanha, ao lado da Uninorte, em Rio Branco. O grupo pede aos adeptos que vão de máscara e que levem cartazes contra Jair Bolsonaro.

O objetivo do movimento denominado de ‘Impeachment Já’, é protestar pela conduta de Jair Bolsonaro na pandemia da covid-19, na qual o presidente se referiu ao vírus como uma “gripezinha” e adotado uma conduta negacionista, inclusive, pressionando os profissionais de saúde a receitar medicamentos como hidroxicloroquina e ivermectina, que não tem eficiência comprovada para covid-19.

Continuar lendo

Acre

Governo divulga calendário anual de pagamento dos servidores

Publicado

em

O governador do Acre, Gladson Cameli divulgou nesta sexta-feira, 15, o calendário anual de pagamento. A servidora da Secretaria de Educação Cultura e Esporte (SEE), Margareth Lamas, avalia o governo e ressalta suas considerações.

“Estamos vendo que existe um esforço do governo em fazer um bom trabalho. Precisamos ressaltar que não está sendo fácil para nenhum governante lidar com a situação da pandemia e, em relação ao nosso estado, vejo o empenho do governador e do secretário de saúde para lidar com essa triste realidade que acometeu o mundo”, pontuou Margareth.

De acordo com informações da Seplag, o governo realizou o pagamento de R$ 70 milhões do 13º de 2018, dívida deixada pela gestão passada, em 2019. Desde 2019, inclusive, o governo tem antecipado o pagamento dos servidores, além do adiantamento do 13º salário em 2019 e 2020.

Continuar lendo

Acre

Bittar critica presidente francês por fala sobre soja na Amazônia

Publicado

em

O senador do Acre Márcio Bittar afirmou nesta sexta-feira (15), que o “Brasil deve proteger seus interesses” e não se preocupar com as declarações do presidente da França, Emmanuel Macron, sobre boicotar a soja brasileira por conta de desmatamento na Amazônia. Para ele, o Brasil é “exemplo de política ambiental” e quem diz o contrário quer, na verdade, “encobrir a incapacidade de competir com o campo brasileiro”.

Nesta semana, Macron, afirmou que “continuar dependendo da soja brasileira é endossar o desmatamento da Amazônia”.

“Quando importamos a soja produzida a um ritmo rápido, a partir da floresta destruída no Brasil, nós não somos coerentes. (….) Nós precisamos da soja brasileira para viver? Então nós vamos produzir soja europeia ou equivalente”, completou.

Continuar lendo

Acre

Juiz cede devolução de fusca envolvido na morte de Johnliane

Publicado

em

O juiz de direito, Alesson José Santos Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco e Auditoria Militar,  decidiu nesta sexta-feira, 16, que o Estado deverá fazer a devolução do Fusca 2.OT, cor branca, em nome de Agnaldo Maia de Lima, pai de Alan Lima, envolvido no suposto racha que matou a jovem Jonhliane Paiva,  30 anos.

O carro estava em posse do Instituto de Criminalística do Estado desde da época do acidente que matou a jovem.

Em decisão, o juiz alegou que como não houve mais pedidos de perícia envolvendo o veículo, e que Agnaldo Maia de Lima demonstrou que de fato é o proprietário do veículo apreendido, conforme cópia de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo acostado, decidiu por acatar o pedido de restituição do veículo ao verdadeiro dono.

Estão presos pela morte de Johliane Paiva: Ícaro José da Silva Pinto e Alan Lima desde o ano passado. Os dois estariam praticando um racha no momento em que o carro de Pinto, uma BMW, atingiu Jonhliane.

Ela morreu em um acidente de trânsito, no dia 6 de agosto do ano passado, na avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas