Conecte-se agora

Uso de gasolina peruana, sem adicional de álcool, pode apresentar falhas no motor usados em Rio Branco

Publicado

em

Desde a manhã desta terça feira (8), alguns postos de combustíveis de Rio Branco estão abastecendo os veículos com combustível importado do Peru. As primeiras carretas chegaram na noite de segunda (7), com carregamento que totalizará mais de 4 milhões de litros, entre gasolina e diesel. Especialista em mecânica automobilística e donos de postos de combustíveis divergem sobre a qualidade do produto importado para o Acre.

A gasolina peruana é diferente da brasileira, considerada por alguns mecânicos como mais pura, não tem 25% de álcool adicionados. Até que ponto isso pode prejudicar o rendimento de alguns motores?

O mecânico Denis de Lima (ex-funcionário da Chevrolet), com 23 anos de experiência, aceitou falar com a reportagem. Ele afirmou que os motores de carros brasileiros não são programados para trabalhar sem essa mistura.

“Sem álcool, que contém oxigênio na composição, o motor precisa de mais quantidade de ar para efetuar a queima”, disse o mecânico.

Embora os veículos com motor flex sejam menos suscetíveis às variações de qualidade do combustível, já que o sistema de gerenciamento eletrônico faz a adequação do motor à gasolina pura, segundo Denis, “alguns motores podem apresentar problemas”, afirmou.

“Os motoristas podem verificar o que popularmente conhecemos como bater pinos”, comentou. “Os carros de baixa cilindrada podem apresentar essa batida por que não estão preparados para adequar a mistura ar-combustível corretamente. Isso vai ocorrer, principalmente, em subidas de ladeiras”, acrescentou o mecânico.

A recomendação do especialista quando ocorrer falhas no motor do carro é de aliviar o pé do acelerador para não causar maiores problemas. Outra peça que geralmente os motoristas dão a menor importância, os catalisadores (dispositivo instalado na saída do coletor de escape ou entre o coletor e o silencioso), é quem mais sofre com o uso de gasolina mais pura.

Para o sindicato dos revendedores de postos de combustíveis do Acre, a porcentagem de 15% de álcool e 85% de gasolina, presente no produto importado do Peru, é perfeitamente adaptável aos motores brasileiros, programados, segundo Delano Lima, “para trabalhar com 15% e até 25% de álcool misturado á gasolina”, analisou.

 “Além disso, é importante destacar que a gasolina peruana está sendo analisada no Posto da Petrobrás antes de sair para a distribuição e que a importação foi autorizada pela ANP”, concluiu Delano Lima.

Ainda de acordo o sindicato, a Br Distribuidora vai receber do Peru no primeiro contrato firmado para importação de combustíveis, 4 milhões de litros.

Acre

Governo abre 80 vagas de estágio para diversas áreas no Acre

Publicado

em

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG) publicou nesta segunda-feira, 8, o edital n° 05/2022 para a seleção de 80 estagiários de diversos cursos, que atuarão nas áreas de Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual.

O processo seletivo, será realizado por intermédio do instituto Euvaldo Lodi (IEL), e tem a validade de 24 (vinte e quatro) meses.

Para se candidatar, é preciso enviar para o e-mail [email protected], até às 23h59 do dia 19 de agosto, Ficha de inscrição, Histórico Escolar com notas do 1° semestre de 2022, cópia do RG e CPF e Declaração de matrícula da instituição de ensino.

Serão 20 vagas para o curso de Administração, 15 para Ciências Contábeis, 20 para Sistema de Informação, 10 para Tecnólogo em Gestão Pública, 10 para Recursos Humanos e 5 para alunos de português.

Os candidatos selecionados devem ter disponibilidade de 20 ou 30 horas semanais, podendo atuar durante os turnos matutino ou vespertino, e receberão bolsa de R$ 420 ou R$ 630, mais R$ 154 de auxílio transporte.

A lista com o resultado preliminar será divulgado em até 10 (dez) dias úteis após a entrega da documentação, no Diário Oficial do Governo (DOE).

Confira aqui o edital completo.

Veja aqui ficha de inscrição.

Continuar lendo

Acre

César Messias é homologado 1º suplente de Jenilson Leite

Publicado

em

Em convenção realizada na última sexta-feira, 5, o Partido Social Brasileiro (PSB) referendou o nome do ex-deputado federal e presidente da sigla, César Messias, como primeiro suplente.

Messias já foi vice-governador por dois mandatos e ex-prefeito de Cruzeiro do Sul. Ele também foi deputado estadual e federal. Sobre a escolha, Jenilson afirma que a experiência e comprometimento de César fortalece a sua candidatura.

“O nosso grupo é muito qualificado. Nós temos um companheiro, que se hoje nós fossemos comparar essas eleições a uma partida de futebol, nós diríamos que temos um dos melhores técnicos, que é o nosso companheiro César Messias. César te agradeço muito pela firmeza”, declarou o candidato.

Conforme a legislação eleitoral, cada candidato escolhe dois suplentes que não recebem salário no Senado, a menos que o titular do cargo seja afastado e eles tomem posse.

Continuar lendo

Acre

Friale prevê nova onda de frio polar no Acre e temperatura deve cair

Publicado

em

Uma forte onda de frio polar deve chegar ao Acre nesta terça-feira, 9, derrubando a temperatura, cujas mínimas, ao amanhecer dos dias seguintes, pode oscilar entre 11 e 14ºC em Rio Branco, Brasileia, Assis Brasil e cidades próximas.

As rajadas de vento poderão passar de 50km/h, em alguns pontos. Segundo o portal O Tempo Aqui, do pesquisador Davi Friale, todos os municípios do estado serão atingidos por esta massa de ar polar. Em Cruzeiro do Sul e proximidades, as mínimas, vão oscilar entre 15 e 18ºC.

Em Rio Branco, os primeiros ventos desta friagem começarão a soprar a partir do fim da manhã desta terça-feira, dia 9 de agosto, mas será na quarta-feira que as rajadas serão mais intensas. A partir de quarta-feira, os dias ficarão secos e ensolarados e as noites estreladas e frias.

Com informações do O Tempo Aqui

Continuar lendo

Acre

Justiça Federal determina reativação do Conselho Penitenciário do Acre

Publicado

em

Acolhendo parcialmente pedidos feitos em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF), a Justiça Federal deu prazo de 30 dias para que o governo do Acre reative o Conselho Penitenciário do Estado do Acre (Copen), com a adoção de medidas administrativas (apoio logístico, garantia de acesso aos locais e às informações, estrutura física, acesso aos sistemas administrativos) para o seu efetivo funcionamento.

Na instrução do processo, o Estado do Acre alegou que o Copen tem realizado suas funções, porém a decisão demonstra que desde 2015 o Copen está desativado e não há fiscalização das unidades prisionais acreanas. Sobre isso, o juiz federal Jair Araújo Facundes é taxativo ao dizer que “em se tratando de fiscalização da execução penal, o Estado não pode atuar timidamente, uma vez que o sistema penitenciário, no Brasil, é marcado por graves violações aos direitos humanos.”

No julgamento do mérito da ação, serão decididos os outros pedidos formulados pelo MPF, como a remuneração dos integrantes do Copen e a indenização de R$ 1 milhão por danos morais coletivos, a serem destinados à melhoria do sistema penitenciário, em projetos a serem elaborados com o auxílio do Copen, da sociedade civil, das pessoas privadas de liberdade e do MPF.

O andamento da ação pode ser acompanhada pelo número 1006194-83.2022.4.01.3000.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!