Conecte-se agora

Mais dois frigoríficos acreanos aderem ao Carne Legal

Publicado

em

Os frigoríficos Estevam, com sede em Rio Branco, e o Frigoverde, que abate animais em Xapuri, no interior do Acre, assinaram esta semana termo de acordo judicial aderindo ao programa Carne Legal, assumindo compromissos que visam coibir o comércio de carne bovina oriunda de fazendas proibidas de comercializar produtos por terem sofrido embargos por ilícitos ambientais ou constarem da lista do trabalho escravo do Ministério do Trabalho e Emprego. 

O acordo foi assinado no âmbito da ação civil pública impetrada pelo Ministério Público Federal no Acre (MPF/AC), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público do Acre (MP/AC). O objetivo da ação é forçar as empresas abatedoras de gado bovino e processadoras de carne a se adequarem à legislação ambiental e trabalhista, diminuindo a devastação da floresta e o número de ocorrências de casos de trabalho escravo em fazendas de pecuária bovina.

Os termos do acordo são os mesmos que já foram celebrados com outros frigoríficos e, neste caso também haverá revisão anual das cláusulas. Dente os principais itens, a exigência de que as empresas só poderão comprar carne de quem apresentar o cadastro ambiental rural ou a licença ambiental para o uso econômico da propriedade rural, sendo que a partir de setembro de 2012, os frigoríficos poderão comprar carne apenas de quem já tiver ambos os documentos, cadastro ambiental rural e licenciamento ambiental.

Assinaram o acordo o procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes, o procurador do Trabalho Tiago Ranieri de Oliveira, a procuradora de Justiça Patrícia do Amorim Rêgo e a promotora de Justiça Meri Cristina Amaral Gonçalves.

Com informações da Assessoria MPF(AC) e Edmilson Alves, de RioBranco-Ac

 

Acre

Mulher é levada ao cais na Cadeia Velha e executada com tiro na cabeça

Publicado

em

Uma mulher ainda não identificada pela polícia, foi executada a tiros na madrugada desta quarta-feira, 29, no cais localizado nas proximidades do SENAI na rua Epaminondas Jácome, no bairro Cadeia Velha, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, a vítima foi levada por criminosos até o cais e foi executada com cinco tiros. Após a ação, os criminosos fugiram do local. A vítima estava com cordão de ouro e dinheiro e não foi roubada.

Moradores da região escutaram os tiros e ao chegarem ao local, encontraram a mulher sangrando e acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), porém, os paramédicos nada puderam fazer pela vítima que já se encontrava morta.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do perito em criminalística. O corpo foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e identificação.

Na região nenhum morador quis se pronunciar a respeito do feminicídio, pois prevalece a lei do silêncio imposta pela organização criminosa.

O caso segue sob investigação dos Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Continuar lendo

Acre

Pedido de licença é feito ao IMAC para construção da ponte do Quinze

Publicado

em

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Regional (SEDUR) publicou na edição desta quarta-feira, 29, o pedido de Licença de Instalação. A autorização é necessária para que o governo inicie a atividade de execução da ponte sobre o Rio Branco, que vai interligar o Segundo Distrito e a Baixada da Sobral, além do trabalho de construção dos acessos e ordenamento no trânsito no Bairro do 15.

Uma das principais justificativas para a construção da nova parte é a implantação do sistema viário que permitirá conectar o segundo Terminal de Integração localizado na Baixada da Sobral ao Terminal Central da cidade, reduzindo sobremaneira o tempo de percurso dos ônibus urbanos, que atualmente se utilizam de vias que apresentam saturação no volume de tráfego durante os horários de pico.

A obra vai ter cerca de extensão aproximada de 315 metros, contendo acostamentos, elementos separadores de pista e pistas com duas faixas de para cada sentido (mão dupla).

No bairro XV a cabeceira da ponte será na rua Nossa Senhora da Conceição, que vai ser duplicada em cerca de 185 metros. Já no bairro Aeroporto Velho, a cabeceira vai ficar na rua Ara, que vai ser duplicada em 430 metros. No bairro do XV, o ordenamento no trânsito vai envolver as ruas Boulevard Augusto Monteiro, Nossa Senhora da Conceição, Dezessete de Outubro, Nossa Senhora das Crianças e Travessa Honório Alves.A nova ponte sobre o Rio Acre faz parte de um programa de obras de cerca de R$ 585 milhões que envolve ainda a construção do Trevo da Corrente e a Orla de Rio Branco.

Continuar lendo

Acre

Sede da empresa Verágua é atingida por incêndio no interior do Acre

Publicado

em

Um grave incêndio atingiu as instalações da empresa Verágua, localizada no município Senador Guiomard, na noite desta terça-feira (28). A equipe do Corpo de Bombeiros que atuou para debelar as chamas afirmou que o incêndio rapidamente se alastrou pela estrutura física do estabelecimento.

Imagens mostram um galpão da empresa, que atua no comércio de água mineral desde o ano de 1988, completamente tomado pelas chamas.

De acordo com informações repassadas pela assessoria do Corpo de Bombeiros, o incêndio já foi controlado, porém o trabalho consiste ainda em apagar completamente o fogo.

São usados dois carros de combate a incêndio e cerca de 15 bombeiros no trabalho contra as chamas.

A corporação informou que não tem informações de como começou o sinistro e que não há registro de feridos, apenas danos materiais. Após o controle completo do fogo, o próximo passo, nos próximos dias, será a realização de uma perícia que vai identificar como começou o incêndio.

Assista ao vídeo:

video
Continuar lendo

Acre

Petecão cobra celeridade em processos licitatórios do governo

Publicado

em

O coordenador da bancada federal do Acre, senador Sérgio Petecão (PSD), anunciou que, desde o início do mês, o valor de R$ 7.059.663,00 já está disponível nas contas do governo do Acre para o aparelhamento das forças de Segurança Pública do Estado. A verba faz parte de emenda da bancada federal, no valor de R$ 20 milhões, destinada à aquisição de veículos, viaturas, aparelhos de informática, armamento e munições. Desta vez, o montante será investido na compra de 25 caminhonetes para reforçar o policiamento e na aquisição de 45 notebooks.

De acordo com Petecão, o investimento em veículos e equipamentos de informática aumentarão a eficiência das forças policiais no combate à criminalidade no Acre “Nossas forças policiais precisam de reconhecimento e estar bem equipadas, não podemos deixar a criminalidade tomar conta mais ainda de nossas cidades. O Acre era um local onde todos gostávamos de morar, podíamos dormir de janela aberta. Hoje em dia já é impossível”, afirmou o parlamentar.

Para Petecão, o governo deveria deixar claro um plano de como serão distribuídos os veículos. “O governo deveria mostrar um plano para ficar claro como serão divididos esses veículos. O que não pode é o governo fazer uso político da mesma forma que fez com os maquinários viabilizados pela bancada, que foram retirados dos municípios, como foi em Acrelândia e Epitaciolândia”, ressaltou.

Ainda há mais recursos, afirma o coordenador

Petecão voltou a fazer duras cobranças ao governo estadual pela demora nos processos de licitação. De acordo com o parlamentar, ainda há riscos de perder recursos para a segurança pública. “Ainda há muito dinheiro da emenda de bancada que podem ser perdidos, caso não corram com o processo licitatório, são mais de R$ 7 milhões que ainda estão nessa situação. O prazo está esgotando, a bancada está aqui para ajudar no que for possível, mas precisamos de competência e celeridade nos processos licitatórios”, explicou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!